Anna Burns vence Man Booker com «Milkman»

Milkman
Milkman centra-se numa história de assédio sexual
Milkman, de Anna Burns, foi o vencedor do prestigiado prémio literário Man Booker 2018. O anúncio foi feito esta terça-feira, dia 16 de outubro, em Londres.
A obra, situada na Irlanda do Norte dos anos 70, narra a história dos encontros entre uma rapariga de 18 anos e um homem casado, muito mais velho e reconhecido por seduzir jovens.

Em entrevista à fundação Booker Prize a autora admitiu que teve como base a sua própria existência: «Cresci num lugar carregado de violência, desconfiança e paranóia, no meio de gente que tentava navegar e sobreviver nesse mundo o melhor que podia. (...) Cresci em Belfast e isso tem uma enorme influência no livro.»

«Nenhum de nós leu algo assim antes. A voz incrivelmente distintiva de Anna Burns desafia a forma de pensar tradicional e ganha forma numa prosa surpreendente e imersiva», alegou Kwame Anthony Appia, um dos membros do júri, escritor e filósofo, em comunicado.

Este é o terceiro romance da irlandesa de 56 anos e ainda não se sabe se terá tradução em Portugal.
O Man Booker tem um valor pecuniário de 50 mil libras (cerca de 57 mil euros).
Anna Burns // REUTERS/POOL

Livros relacionados

Wook está a dar

Subscreva!