20 Curiosidades que ainda não sabe sobre livros

Às vezes os factos são mais estranhos do que a própria ficção. Prepare-se: está prestes a tomar conhecimento de 20 curiosidades sobre livros que talvez desconheça. Aqui vai!
20 Curiosidades sobre livros que ainda não sabe
95,7%
É a taxa de literacia em Portugal, segundo recentes dados da UNESCO. Que é o mesmo que dizer que cinco por cento da população ainda não sabe ler nem escrever.
Quem lê é mais inteligente do que quem não o faz
Pelo menos em termos de inteligência emocional é isso que nos prova o estudo dos psicólogos David Comer Kidd e Emanuele Castano, da New School for Social Research, em Nova Iorque. Segundo outro estudo, o cérebro não distingue entre ler sobre uma experiência e vivenciá-la na primeira pessoa. Em ambos os casos as mesmas zonas neurológicas são estimuladas. Devido a esta acumulação de experiências, torna-se mais fácil para os leitores de ficção literária lidar com as emoções dos outros e compreender os seus próprios sentimentos.
Bilbo Baggins
O hobbit que nasceu da pena de J.R.R. Tolkien, o autor de O Senhor dos Anéis, sopra as velas a 22 de setembro (nasceu em 1290).
Livros mais lidos de sempre
A Bíblia Sagrada, O Pequeno Livro Vermelho e a saga Harry Potter são as três obras mais lidas do mundo inteiro.
Ler relaxa mais que ouvir música
Vamos mais longe até! Segundo um estudo da universidade de Sussex, ler relaxa mais do que passear, tomar um chá ou jogar videojogos.
Ler relaxa mais que ouvir música
Bloomsday
É o único dia dedicado ao personagem de um livro: Leopold Bloom, um personagem da obra de James Joyce, Ulisses. As festividades incluem diversos eventos oficiais e não oficiais e estendem-se do Brasil à Nova Zelândia, provando o importante contributo que Joyce deu à literatura mundial.
George R. R. Martin
O autor de A Guerra dos Tronos, George R. R. Martin
Nos livros de Sherlock Holmes
O protagonista nunca chega a dizer a célebre frase "Elementar, meu caro Watson!", pela qual é internacionalmente conhecido.
George R.R. Martin
Admitiu que os seus livros favoritos são: a saga O Senhor dos Anéis, O Nome do Vento e Ivanhoe. Já leu algum?
Autores mais roubados
Charles Bukowski, William S. Burroughs, Jack Kerouac e F. Scott Fitzgerald são os autores mais roubados de sempre das livrarias, segundo um estudo da Vintage Books & Anchor Books.
Público russo
Maxim Gorky, Fiódor Dostoiévski e Lev Tolstoi são os três escritores mais lidos de sempre pelos leitores russos.
O Eremita Viajante
Capa do livro O Eremita Viajante
Haiku
É uma forma de poesia japonesa que se carateriza por ser breve e concisa e por expressar a sensibilidade oriental e a arte de dizer o máximo com o mínimo. Matsuo Bashô é um dos grandes nomes deste estilo de poesia e é hoje considerado o poeta nacional do Japão.
Se a wikipedia fosse um livro
Teria 1133500 páginas, o equivalente a 2267 volumes. Infelizmente, a edição tornar-se-ia desatualizada mal fosse impressa.
Marshall McLuhan
Defende que os leitores devem abrir o livro na página 69 com vista a determinar a sua qualidade. Atualmente, há um novo método, desenvolvido pelo Prix de la Page 112, que defende que um livro é bom se a página 112 (e não 69) desse livro conferir prazer na leitura.
William Shakespeare
Apenas começou a escrever a poesia que nos deleita hoje porque, devido ao surto de praga que ocorreu na Europa, todos os teatros de Londres foram fechados entre 1592 a 1594.
Apenas 10 pessoas
Estiveram presentes no funeral de D. H. Lawrence. Uma dessas pessoas era Aldous Huxley, o autor de Admirável Mundo Novo.
Admirável Mundo Novo
Aldous Huxley, o autor de Admirável Mundo Novo
Personagens que adoram ler
Lisa Simpson, Herminone Granger e Hazel Grace Lancaster são algumas das personagens dos livros que adoram ler. Descubra mais personagens que adoram embarcar nessa grande viagem que é a leitura aqui.
Remédios Literários
Capa do livro Remédios Literários, de Ella Berthoud e Susan Elderkin
O cheiro dos livros
Agrada a tanta gente porque... o papel dos livros é feito com polpa de madeira e possui uma grande quantidade de substâncias orgânicas. Quando estas reagem à luz, ao calor e à humidade, libertam compostos orgânicos voláteis, que se traduzem num aroma a baunilha, amêndoa ou flores, evocando memórias positivas.
A biblioterapia
Desenvolvida com base numa investigação do psiquiatra Neil Frude, em 2003, concluiu que os livros têm potencial para se assumir como substitutos dos anti-depressivos. Esta conclusão vai a par e passo com uma das citações de Nilza Rezende que adoramos: "Talvez a missão da literatura seja a mesma da psicanálise: salvar-nos dos nossos monstros". Se tem interesse neste tema, sugerimos a leitura do novo livro de Ella Berthoud e Susan Elderkin, Remédios Literários.
Ler prolonga a vida
É verdade: as pessoas que dedicam pelo menos 30 minutos do seu dia a ler livros vivem mais tempo em comparação com aquelas que não leem. O estudo foi produzido por 3 investigadores da Yale University School of Public Health e pode ser consultado aqui.
Apesar disso
Em alguns países continua a ser mais barato comprar uma arma do que um livro.


Este artigo foi atualizado às 12h30 do dia 25 de agosto de 2017.

Wook está a dar

Subscreva!