Ultramarino

Livro 1

de Luís Amorim de Sousa

editor: INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda, janeiro de 2005
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Prefácio de Alberto de Lacerda
Luís Amorim de Sousa nasceu em Angola. Viveu em Lisboa, Maputo e Londres, onde durante muitos anos trabalhou na BBC e de onde saiu, em 1976, para ingressar no Ministério dos Negócios Estrangeiros, tendo sido colocado em Washington como Conselheiro de Imprensa junto da Embaixada Portuguesa. Ali permaneceu até 1995, data da sua transferência para Brasília. Publicou: Poesia - Signo da Balança (1968), Norte a Sul (1981), Oceanografia e (1984) Prosa - Crónica dos Dias Tesos (1996). Aos três de versos que até hoje publicou, Luís Amorim de Sousa acrescenta as sequências Mera Distância e Diagonal para concluir um ciclo de experiências que se completa com o livro Nadar no Escuro. Acompanhando um trajecto que o fez mudar repentinamente de cidade e de país, ULTRAMARINO é um registo de experiências multiculturais diferentes.

Ultramarino

de Luís Amorim de Sousa

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722708470
Editor: INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
Data de Lançamento: janeiro de 2005
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 237 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 148
Tipo de produto: Livro
Coleção: Biblioteca de Autores Portugueses
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 1002051480007
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Luís Amorim de Sousa

Luís Amorim de Sousa nasceu em 1937 na cidade colonial de Nova Lisboa, Angola, de onde foi levado para Lisboa no primeiro ano de vida. Permaneceu em Lisboa até o começo da adolescência. De lá partiu para Lourenço Marques, Moçambique, onde publicou os seus primeiros poemas e se manteve até atingir a maioridade. Desde então viveu grande parte da sua vida no estrangeiro. Trabalhou e dirigiu o serviço noticioso português da BBC, em Londres, até 1976. Partiu seguidamente para Washington, onde desempenhou o cargo de Conselheiro de Imprensa junto da Embaixada de Portugal. Nessas funções residiu posteriormente em Brasília, e em Londres uma vez mais, até atingir a reforma. Viveu seguidamente em Portugal de onde partiu para Oxford, onde reside. Além de vários livros de memórias, reuniu a sua poesia em cinco coletâneas: Ultramarino e O Verbo Trafalgar (IN/CM), Bellini e Pablo Também (Assírio & Alvim), Mera Distância (Artefacto) e Este Incómodo Meu (húmus).

(ver mais)
Clepsidra

Clepsidra

10%
INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
8,50€ 10% CARTÃO
A Crise da História e as suas novas directrizes

A Crise da História e as suas novas directrizes

10%
INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
18,00€ 10% CARTÃO
portes grátis