Quase Tudo Nada

de Arsénio Mota

editor: Campo das Letras
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Quase Tudo Nada. Três palavras que podem ser lidas como quem soma partes singelas de um todo metafórico, que pedem a formação de combinações variáveis de sentido: Quase (um) Tudo Nada; Quase Tudo? Nada!; etc.

De facto, esta narrativa de Arsénio Mota segue o fio de uma trajectória individual, ou seja, contempla o essencial da parábola de uma existência concretizada num tempo e num espaço de múltiplas partilhas.

Não por acaso, a substância da narrativa - que deliberadamente recusa ser romance, mais um! - é a que resulta de sucessivas decantações íntimas das experiências vivenciadas, aquilo que no fim é assumido como uma espécie de extracto seco mínimo obtido pela respectiva análise.

Para todos os efeitos, éticos e estéticos, a ficção alimenta-se aqui de biografia, portanto de autenticidade, pois o autor narra o que melhor conhece, assim fazendo regressar a literatura das evasões à vida passada pelas chamas de carne e sangue.

Quase Tudo Nada

de Arsénio Mota

ISBN: 9789896250706
Editor: Campo das Letras
Idioma: Português
Dimensões: 134 x 208 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 132
Tipo de produto: Livro
Coleção: Instantes de Leitura
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Outras Formas Literárias
EAN: 9789896250706
Arsénio Mota

Nasceu em Bustos, Oliveira do Bairro, em 1930. Fixou-se no Porto no princípio dos anos 60. Estreou-se publicando poemas (sob pseudónimo) em 1955 e, a seguir, livros de crónica-ficção, contos, histórias para crianças e estudos vários. Traduziu e fez crítica literária. Tem abundante colaboração dispersa por revistas e jornais. Em alguns destes dirigiu suplementos literários. Dedicou-se ainda ao jornalismo profissional, do qual se encontra retirado.

(ver mais)
20%
Campo das Letras
2,42€ 3,03€
portes grátis
Campo das Letras
2,02€ 2,52€
20%
Edições Asa
3,92€ 4,90€
portes grátis
20%
Editorial Caminho
6,80€ 8,50€
portes grátis