O Que é a Economia?

de João César das Neves

editor: Principia, abril de 2003
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
O verdadeiro propósito deste livro é, nas palavras do seu autor, «proporcionar um breve e simpático circuito pelo essencial da ciência» que é a Economia.
De forma sistematizada e clara. João César das Neves explica e debate os principais temas e problemas que têm, desde há muito, ocupado os economistas em todo o Mundo e convida-nos a fazer uma elucidativa viagem pela história da Economia, com paragem obrigatória nos aspectos fundamentais do pensamento dos grandes vultos que marcaram esta ciência.

O Que é a Economia?

de João César das Neves

Propriedade Descrição
ISBN: 9789728500986
Editor: Principia
Data de Lançamento: abril de 2003
Idioma: Português
Dimensões: 145 x 230 x 23 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 224
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Economia, Finanças e Contabilidade > Economia
EAN: 9789728500986
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
João César das Neves

João César das Neves é doutorado em Economia e autor de vários livros e artigos científicos nessa área. É professor na Universidade Católica Portuguesa e presidente do Conselho Científico da Faculdade de Ciências Económicas e Empresariais da mesma universidade. Foi também conselheiro para os assuntos económicos do ex-primeiro ministro português Aníbal Cavaco Silva e investigador do Banco de Portugal. Os diversos livros e artigos que publicou na área da economia centram-se em domínios como o desenvolvimento económico, a macroeconomia, a ética económica e a história económica e do pensamento económico. É também colaborador regular do Diário de Notícias e membro de várias organizações católicas.
No âmbito da ficção tem já publicados os seguintes títulos na Principia - Crónicas do Céu (Novembro, 2002), Contos de Natal (Outubro, 2001) e Parábolas sobre Jesus (Março, 2001) e O Primeiro Dia (Setembro, 2003).
No âmbito do ensaio, a Principia publicou ainda os seus livros O Que É a Economia? (Maio, 2003), A Economia de Deus (Julho, 2001) e O Nobel da Economia (Dezembro, 1998).

(ver mais)