O Passo da Serpente

de Baptista-Bastos

editor: Edições Asa, abril de 2001
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Publicado pela primeira vez em 1965, o romance O Passo da Serpente é agora reeditado na "Biblioteca Baptista-Bastos".

"Uma novela admirável a vários títulos(...), um marco na literatura portuguesa contemporânea". Foi assim que Eduardo Lourenço se referiu a O Passo da Serpente, considerada, num inquérito a intelectuais organizado pelo "Jornal de Notícias", a novela mais significativa e importante do ano em que foi pela primeira vez editada. Livro de amor, da procura desesperada do amor, livro de uma consciência solitária e desiludida, ele reflecte o que viriam a ser no futuro os temas dominantes do autor.

Na "Biblioteca Baptista-Bastos", além de O Passo da Serpente, estão já publicados os títulos O Secreto Adeus, Cão Velho entre as Flores e A Colina de Cristal.

O Passo da Serpente

de Baptista-Bastos

Propriedade Descrição
ISBN: 9789724125053
Editor: Edições Asa
Data de Lançamento: abril de 2001
Idioma: Português
Dimensões: 130 x 210 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 96
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789724125053
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Baptista-Bastos

Nascido em Lisboa, em 1934, e faleceu em maio de 2017, também na capital.
Jornalista de profissão, como ficcionista tem-se distinguido por uma estética que, na esteira do neorealismo, evoluiu para a representação da cidade e dos seus problemas, na procura de formas de estar no mundo, numa escrita poeticamente fragmentária que, evidenciando a influência de Raul Brandão, se caracteriza pela dissolução dos materiais da ficção e pela fusão entre o domínio onírico e o domínio social.
Bibliografia: As Palavras dos Outros, 1969; Cidade Diária, Lisboa, 1972; Capitão de Médio Curso, Lisboa, 1977; Caminho e Outros Poemas, s/l, 1951; O Secreto Adeus, Lisboa, 1963; O Passo da Serpente, Lisboa, 1965; Cão Velho Entre Flores, Lisboa, 1973; Viagens de um Pai e de um Filho pelas Ruas da Amargura, Lisboa, 1981 (posfácio de Óscar Lopes, na edição de 1986); Elegia para um Caixão Vazio, Lisboa, 1984; A Colina de Cristal, Lisboa, 1987; Um Homem Parado no Inverno, Lisboa, 1991; O Cavalo a Tinta-da-China, Lisboa, 1995; O Cinema na Polémica do Tempo, 1959; O Filme e o Realismo: sete ensaios em busca de uma expressão, Lisboa, 1963

(ver mais)
As Bicicletas em Setembro

As Bicicletas em Setembro

10%
Oficina do Livro
8,90€ 10% CARTÃO
Cão Velho Entre Flores

Cão Velho Entre Flores

10%
Publicações Europa-América
6,90€ 10% CARTÃO