O Nascimento dos Fantasmas

de Marie Darrieussecq

editor: Edições Asa, abril de 1999
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Após o sucesso de Estranhos Perfumes (300.000 exemplares vendidos em França e traduções em 34 países), Marie Darrieussecq explora em O Nascimento dos Fantasmas uma outra forma de metamorfose — a que é provocada, como disse a autora numa entrevista, pela evaporação de um corpo.
Tudo começa com uma história simples, à maneira de um romance policial: como todas as tardes desde há sete anos, um marido regressa a casa depois do trabalho e, à semelhança do que faz todos os dias, desce de novo à rua para comprar o pão do jantar. Só que desta vez não regressa. Fuga amorosa? Acidente mortal? A mulher não se conforma: percorre o bairro, vai à morgue, telefona aos familiares e amigos, contacta a polícia, procura-o por todos os meios ao seu alcance.
Mas rapidamente tudo se transforma — para a narradora e para nós, leitores e testemunhas. Aos poucos, esse desaparecimento desintegra a realidade "normal" e projecta-nos para uma outra dimensão de sentimentos e sensações — aquela em que os fantasmas podem de repente irromper...
Como em Estranhos Perfumes, mas num registo diferente, Marie Darrieussecq oferece-nos outra vez uma parábola do mundo contemporâneo — parábola inquietante onde se descobre de novo a marca e o estilo de uma escritora de grande talento.

O Nascimento dos Fantasmas

de Marie Darrieussecq

Propriedade Descrição
ISBN: 9789724120515
Editor: Edições Asa
Data de Lançamento: abril de 1999
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 230 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 126
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789724120515
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Marie Darrieussecq

Marie Darrieussecq (Baiona, 3 de janeiro de 1969) é uma escritora e psicanalista francesa.
Doutora em Literatura, foi professora da Universidade de Lille mas abandonou a carreira académica após o sucesso do seu romance de estreia, Truismes, lançado em 1996. O livro, que conta a história de uma mulher que se transforma numa porca, foi traduzido para 20 línguas e lançado em 29 países.
Darrieussecq continuou a escrever sobre mulheres, dando especial atenção às relações entre mães e filhas.
Em 1998, foi acusada de plágio pela escritora Marie NDiaye, que viu em Naissance des fantômes semelhanças com seus livros Un temps de saison e La sorcière.

(ver mais)