O Limite de Rudzky

de António de Macedo

editor: Editorial Caminho, abril de 1992
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Não é exagero afirmar que António de Macedo é já uma figura «histórica» do cinema português. Autor também de peças de teatro e de vários ensaios, não foi surpresa que um espírito assim curioso, e talentoso, se interessasse por um género como a ficção científica. «O Limite de Rudzky», obra que o júri do Prémio Caminho 1991 recomendou sem hesitar para publicação, está à altura das expectativas que o nome do autor justifica.

O Limite de Rudzky

de António de Macedo

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722107495
Editor: Editorial Caminho
Data de Lançamento: abril de 1992
Idioma: Português
Dimensões: 116 x 190 x 8 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 196
Tipo de produto: Livro
Coleção: Caminho Ficção Científica
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Ficção Científica
EAN: 9789722107495
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e E E

Ficção Científica Nacional

Bruno Viana

Três contos do realizador dos, possivelmente, primeiros filmes de ficção cientifica portugueses como Os Abismos da Meia Noite e Os Emissários de Khalom! O primerio que dá nome ao livro é interessante. O segundo perde um pouco a força, e o terceiro torna-se desnecessário. No geral um livro de bolso interessante dentro de uma temática que pouco se associa a Portugal.

António de Macedo

António de Macedo nasceu em Lisboa em 1931. Frequentou a Faculdade de Letras da Universidade Clássica (Curso de Ciências Pedagógicas e antigo curso de Literaturas Clássicas – Grega, Latina e Portuguesa) e a Escola Superior de Belas-Artes de Lisboa, onde se formou em Arquitetura em 1958. Exerceu durante alguns anos a profissão de arquiteto que abandonou em 1964 para se dedicar à atividade de cineasta, escritor e professor. Inclui na sua extensa filmografia dezenas de documentários, programas televisivos e filmes de intervenção sociopolítica, bem como onze longas-metragens de ficção. Paralelamente, especializou-se na investigação e estudo das religiões comparadas, de esoterologia, de história da filosofia, da estética audiovisual e das formas literárias e fílmicas de ficção especulativa, temas que abordou em inúmeros colóquios, conferências e em diversas publicações, quer de ficção, quer de ensaio. Tem publicados mais de uma dezena de livros, entre romances de ficção fantástica e ensaios temáticos. Entre 2001 e 2005 dirigiu a coleção literária Bibliotheca Phantastica da antiga Editora Hugin; em setembro de 2001 foi homenageado pelo 30º Festival Internacional de Cinema da Figueira da Foz, pelo contributo prestado à cultura cinematográfica portuguesa; em maio de 2007 recebeu o Prémio Consagração de Carreira, da Sociedade Portuguesa de Autores; em 2012 foi homenageado pela Cinemateca Portuguesa com uma retrospetiva da sua obra cinematográfica completa, exibida durante os meses de junho e julho; e em novembro do mesmo ano recebeu o Prémio de Carreira «Sophia 2012», da Academia Portuguesa de Cinema. Em 2013 foi a vez do Fantasporto lhe dedicar uma homenagem com atribuição do troféu Prémio de Carreira, com textos subordinados ao tema «António de Macedo - O Fantástico no Cinema Português», inseridos no catálogo do 33o Festival Internacional de Cinema do Porto — Fantasporto 2013; e em 2014 recebeu o Prémio ADAMASTOR «Personalidade Fantástica 2014», atribuído pelo Colectivo Trëma e pelo Fórum Fantástico. O seu livro Lovesenda, ou Enigma das Oito Portas de Cristal recebeu o Prémio Escolha do Ano no Fórum Fantástico em 2017. Faleceu a 5 de outubro de 2017. A Editorial Divergência nomeou em sua homenagem o Prémio Anual para manuscritos inéditos.

(ver mais)
Lovesenda - Volume 1

Lovesenda - Volume 1

10%
Editorial Divergência
16,65€ 18,50€
portes grátis
Lovesenda – Volume 2

Lovesenda – Volume 2

10%
Editorial Divergência
15,75€ 17,50€
portes grátis