O Futurismo Italiano

Estética, ideologia, fascismo

de Luís Bensaja dei Schirò

editor: Editorial Caminho, abril de 1999
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
O objectivo deste ensaio, e provavelmente a sua principal novidade, é provar que, bem ao contrário do que muitos têm apressadamente afirmado, o futurismo marinettiano não foi, na realidade dos factos, um precursor do regime fascista instaurado por Mussolini na Itália dos anos vinte — cuja importância se situa na influência que como matriz não tardará a exercer na Europa, nomeadamente em Portugal. Ou seja, se é certo que podem ser detectados nos escritos do primeiro fascismo — um fascismo ainda marcado por preocupações socializantes, que pretendia de certo modo emular e competir com o Partido Socialista — aproveitamentos oportunistas das ideias propugnadas por Marinetti, sobretudo as expressas no Manifesto-Programa do Partido Político Futurista, absolutamente nulas serão as influências exercidas quer pelo futurismo quer pelo seu leader ao longo dos vinte anos de regime e de prática da ditadura fascista, muito mais próximos da retórica grandiloquente de Gabriel D’Annunzio.

O Futurismo Italiano

Estética, ideologia, fascismo

de Luís Bensaja dei Schirò

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722112901
Editor: Editorial Caminho
Data de Lançamento: abril de 1999
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 210 x 10 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 126
Tipo de produto: Livro
Coleção: Universitária
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Ensaios Livros em Português > Política > Política em Geral
EAN: 9789722112901
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável