O Espírito do Diabo

Discursos e posições intelectuais no semanário O Diabo 1934-1940

de Luís Trindade

editor: Campo das Letras, abril de 2004
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
“O Diabo” foi uma peça central nas encruzilhadas intelectuais da cultura portuguesa dos anos trinta. Por ali passaram os sobreviventes do pensamento e jornalismo republicanos e anarquistas, bem como os jovens neo-realistas em processo de afirmação do marxismo em Portugal. Assim, o semanário, ao longo dos seus seis anos de publicação, funcionou como campo das lutas e redefinições da esquerda colocada perante o desafio da repressão salazarista.
Este livro procede a uma dupla operação: em primeiro lugar, procura definir as várias posições em presença em “O Diabo”, para depois analisar a evolução dos principais discursos culturais e políticos da esquerda no momento em que, no campo contrário, se define o imaginário da Política do Espírito.
No essencial, a penetração do marxismo junto da intelectualidade da esquerda portuguesa resultará numa nova cultura política. Esta, composta simultaneamente por elementos estéticos e ideológicos, ganhará a posteridade sob o nome de neo-realismo. O neo-realismo constitui, assim, na cultura portuguesa do século XX, uma arma para combater o nacionalismo tradicionalista do Estado Novo. Fá-lo através de uma fortíssima racionalização de todos os elementos do campo cultural (crítica, doutrinação, criação), antes fragmentados em múltiplas correntes e movimentos e a partir daqui centralizados numa única mundividência cujos limites foram aqueles dentro dos quais, durante várias décadas, os portugueses puderam pensar a liberdade e a emancipação.

"Uma boa tese de mestrado que traz à ribalta um dos mais místicos jornais da Oposição."
Jornal de Letras, Janeiro de 2005

O Espírito do Diabo

Discursos e posições intelectuais no semanário O Diabo 1934-1940

de Luís Trindade

Propriedade Descrição
ISBN: 9789726108658
Editor: Campo das Letras
Data de Lançamento: abril de 2004
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 230 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 272
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Ensaios
EAN: 9789726108658
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Luís Trindade

Luís Trindade é professor de História Contemporânea na Faculdade de Letras e vice-coordenador do Centro de Estudos Interdisciplinares da Universidade de Coimbra. Doutorou-se, em 2006, pela Universidade Nova de Lisboa. Entre 2007 e 2019, lecionou História e Cultura Portuguesas no Birkbeck College da Universidade de Londres. Tem desenvolvido investigação na área da história cultural, em particular sobre o nacionalismo, a imprensa, o cinema, o neorrealismo, a música popular e os intelectuais em Portugal no século XX. Entre as suas principais publicações, contam-se O Estranho Caso do Nacionalismo Português: O salazarismo entre a literatura e a política (Imprensa das Ciências Sociais, 2008) e Narratives in Motion: Journalism and modernist events in 1920s Portugal (Berghahn Books, 2016). Na Tinta-da-china, publicou anteriormente Primeiras Páginas: O século XX nos jornais portugueses, Foi Você Que Pediu Uma História da Publicidade? e 1974: Portugal, uma retrospetiva (com Ricardo Noronha).

(ver mais)
Silêncio Aflito

Silêncio Aflito

10%
Tinta da China
24,90€ 10% CARTÃO
portes grátis