O Ano da Morte de José Saramago

de Amadeu Baptista

editor: & Etc., outubro de 2010
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
"A desgraça de um país mede-se na distância que vai das instâncias do " poder à esperança dos seus habitantes." — lê-se neste poema de Amadeu Baptista que sob pretexto ocasional da morte de José Saramago se debruça, isso sim, sobre a degradação invasiva do Portugal contemporâneo. Eis um poema elegíaco e feroz, soprado pela mesma indignação que arrimava os insubmissos do regime anterior ao 25 de Abril.

O Ano da Morte de José Saramago

de Amadeu Baptista

Propriedade Descrição
ISBN: 9789898150264
Editor: & Etc.
Data de Lançamento: outubro de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 155 x 175 x 11 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 48
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 9789898150264
e e e e e

A minha leitura

Vasco Garcia Barreto

Um livro muito interessante, um poema longo de verso livre, com uma forma muito própria do autor: verso de muitas palavras, pouco sucinto, mas que se traduz numa estética que eu aprecio. Deverá ler-se, possivelmente, sem intervalos, pois existe uma sequência entre estrofes, vários elos de ligação. É um poema em que a sátira da sociedade está sempre presente - uma bonita homenagem a José Saramago. Quanto ao formato do livro, poderia ter as dimensões normais - merece!

Amadeu Baptista

Amadeu Baptista nasceu no Porto, a 6 de maio de 1953. O seu primeiro livro, As Passagens Secretas, data de 1982, tendo publicado, entretanto, mais de trinta títulos de poesia, entre os quais destaca: Paixão (Prémio Vítor Matos e Sá, da Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra e Prémio Teixeira de Pascoaes), de 2003; Poemas de Caravaggio (Prémio Nacional de Poesia Natércia Freire e Prémio Literário João Lúcio), de 2008; Os Selos da Lituânia (Prémio Edmun do Bettencourt Cidade do Funchal), de 2008; Açougue (Prémio Espiral Maior, Espanha), de 2008 e Um Pouco Acima da Miséria (Prémio de Poesia Cidade de Ourense, Espanha), de 2014.

Publicou um livro de prosa, Estrela de Bizâncio, em 2010, bem como cinco livros de literatura para a infância. Organizou cinco antologias temáticas de poesia. Durante vários anos, manteve o blog amadeubaptistablogspot.pt.

Tem colaboração dispersa em inúmeros jornais, revistas, antologias e livros coletivos de poesia, nos seguintes países, além de Portugal: Argentina, Brasil, Canadá, Chile, Colômbia, Costa Rica, E.U.A., Espanha, França, Grã-Bretanha, Itália, Luxemburgo, México, Roménia e Uruguai.

Alguns dos seus poemas foram traduzidos para alemão, castelhano, catalão, croata, francês, hebraico, inglês, italiano e romeno. Representou Portugal em vários encontros internacionais de escritores, designadamente na Bélgica, em Espanha, em França, no Luxemburgo e no México. É tradutor e divulgador de poetas escandinavos, espanhóis, gregos e latino-americanos. Reside em Vila Nova de Gaia.

(ver mais)
Último Outono

Último Outono

10%
Edições Afrontamento
12,60€ 14,00€
Escrito na Grécia

Escrito na Grécia

10%
Edições Afrontamento
13,50€ 15,00€