O Álbum de Clara

de Maria Teresa Maia Gonzalez

editor: Difel, abril de 1999
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Na mesa-de-cabeceira do seu quarto, Clara tem um álbum que é uma espécie de fronteira a separar o passado do presente, e a comprometer o futuro num jogo de dores (“no corpo e na alma”) na sequência de um acidente que a ia vitimando fatalmente ao completar quinze anos.

Ao sair do hospital em cadeira de rodas, transfigurada, diminuída intelectual e fisicamente, Clara vai ter de enfrentar os colegas da escola, os amigos que julgava sinceros, os namorados que pensava eternos, os professores, os pais, os vizinhos…

Esses confrontos, mais a revolta, a incerteza, a dúvida (a entrelaçar na malha complicada dos afectos a perturbação e o medo, com a heroicidade), o desafio e o esforço constantes, para que o antes e o depois se juntem à matriz primeira e tragam aos dias instantes de felicidade, são nestas páginas admiravelmente contadas, levando o leitor a participar da vontade e da personalidade contagiante da personagem.

O Álbum de Clara

de Maria Teresa Maia Gonzalez

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722904711
Editor: Difel
Data de Lançamento: abril de 1999
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 230 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 120
Tipo de produto: Livro
Coleção: Profissão Adolescente
Classificação temática: Livros em Português > Infantis e Juvenis > Literatura Juvenil
EAN: 9789722904711
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Maria Teresa Maia Gonzalez

Maria Teresa Maia Gonzalez nasceu em Coimbra, em 1958. É licenciada em Línguas e Literaturas Modernas – Variante de Estudos Franceses e Ingleses – pela Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa. Vive em Lisboa e tem como passatempo a pintura.
Foi professora de Português, Inglês e Francês, no ensino particular e público, entre 1982 e 1997, em Alverca do Ribatejo, Manique e Lisboa.
Muito cedo sentiu despertar o gosto pelas histórias ouvidas e lidas em família. Por volta dos nove anos, começou a sentir o gosto pela escrita, escrevendo poemas e histórias com regularidade. Iniciou a sua carreira na escrita em 1989, quando ainda era professora.
Recebeu o Prémio Verbo-Semanário, juntamente com Maria do Rosário Pedreira, pelo livro O Clube das Chaves Entra em Ação, em 1989.
Da sua obra constam sobretudo romances juvenis, sendo também da sua autoria histórias infantis, fábulas, poesia, contos, crónicas, ficção para adultos e uma coleção juvenil de peças de teatro. São temáticas recorrentes nos seus livros os direitos das crianças e dos adolescentes, a espiritualidade e os problemas da adolescência, nomeadamente, a solidão, as perdas, a depressão, os conflitos familiares, as dependências químicas, a violência em meio escolar, a violência doméstica, a sexualidade e a afetividade. Vê o livro destinado aos mais novos como veículo promotor dos valores humanos, sobretudo o respeito pelo indivíduo e pela natureza, a paz, a saúde, a harmoniosa convivência entre gerações e culturas diversas, e a espiritualidade.
Do seu livro mais conhecido, A Lua de Joana (traduzido e publicado em cinco países: Albânia, Alemanha, Bulgária, China e Espanha), foi feita uma adaptação para teatro levada à cena pelo grupo Artyaplausos, em Lisboa e noutras cidades do país, em 2007, 2008 e 2009. Em abril de 2013, deu origem a uma adaptação teatral pela Companhia Grupo Jovem do Teatro de Carnide, no Festival Aplauso. Em outubro de 2016, deu origem a uma nova versão teatral, pela Companhia de Teatro Umbigo, em Lisboa, a qual voltou a representar a mesma peça em 2017 e em 2018 (Teatro de Carnide e Teatro da Malaposta).
Foram, também, adaptados para teatro, por diversas companhiasteatrais, vários livros.
Da coleção «O Clube das Chaves», de que é coautora, foi feita uma adaptação para uma séria televisiva com o mesmo título, exibida num canal de televisão nacional e também num estrangeiro (Canal Panda).
Muitos excertos dos livros da autora constam de manuais escolares para os vários níveis de ensino, sobretudo dos 2º e 3º Ciclos.
Desde 1990 até à presente data, visita regularmente bibliotecas, bem como escolas públicas e privadas, onde as suas obras são usadas com objetivos pedagógicos, nos vários níveis de ensino. Estes encontros têm-se revelado muito frutuosos, sobretudo no que se refere à promoção da leitura, e constituem grande fonte de inspiração para a autora.

(ver mais)
Ricardo, o Radical

Ricardo, o Radical

10%
Editorial Presença
9,90€ 10% CARTÃO
Dietas e Borbulhas

Dietas e Borbulhas

10%
Editorial Presença
9,90€ 10% CARTÃO
A Lua de Joana

A Lua de Joana

10%
Bertrand Editora
13,95€ 15,50€
Picasso e eu

Picasso e eu

10%
Porto Editora
9,99€ 10% CARTÃO