Wook.pt - Novo Testamento

Novo Testamento

 

avaliação dos leitores ( 2 comentários)
2,77€
Esgotado ou não disponível.
  • "NOVO TESTAMENTO" ('formato de bolso') - 'Difusora Bíblica' - Recomendo, vivamente!
    Pedro Borges (BRAGANÇA) | 28-08-2014

    Esta presente edição do “NOVO TESTAMENTO” é, também, no fundo, a conhecida e conceituada versão/tradução realizada, há já alguns anos e que é, a da "DIFUSORA BÍBLICA"! (comumente também conhecida, essa mesma tradução efectuada, na sua íntegra, como 'Bíblia Sagrada’, dos Capuchinhos', - para o ‘Terceiro Milénio da Encarnação – O texto, inicial, já com várias reimpressões e, inúmeras, sucessivas edições!, data, inicialmente, de uma versão primeira no já longínquo ano de 1993, até à sua versão/tradução actual e que, mesmo assim, já remonta ao período seguinte: 1998/2000 ..!!...) . Esta obra e todo o trabalho que lhe está inerente, apresentado no presente texto - e que é, afinal, bem patente no mesmo e, entretanto, realizado, para esta edição/versão da “Bíblia Sagrada” no texto fixado em particular (aqui apresentada apenas na parte que se refere ao “NOVO TESTAMENTO”) é/foi na sua concretização, certamente, exaustivo’, digamos assim.., na sua versão/tradução vertida no resultado final, neste texto, em relação ao fixado - e ao correspondente ‘original/nais’, por parte dos vários especialistas, de diversas áreas, colaboradores, participantes deste mesmo trabalho (e que é marcante’, bem muito pela positiva..!...), e que, decerto, a integraram, obviamente, também, biblistas, tradutores, professores de Sagrada Escritura, exegetas, teólogos estudiosos, concretamente, no âmbito, mais específico, de/dos estudos bíblicos, como é óbvio, especialistas em tradução, linguística, etc., ... é, deveras, sim, concordemos’ – é realmente!..., admirável; mesmo. Penso que seja, de uma forma ou de outra, mais ou menos, direi, consensual, esta minha apreciação atrás referida e que aqui fica, registada...! E esta obra (apresentada aqui em ‘formato de bolso’) corresponde, concretamente, à publicação, neste caso concreto, do texto relativo à parte do “Novo Testamento” cristão, e é, assim, desse modo, o seu resultado/trabalho final, reitero-o - e, saliente-se, desde logo, notável!...: e tal, constitui 1facto; indubitavelmente. Já adquiri, sim, há já algum tempo, esta conhecida e reputada 'tradução/versão dos códices/’manuscritos originais' e que restam!... (Apesar destes, serem já cópias, de cópias’… . Todavia, existem ainda, é verdade – e têm sido descobertos, também, alguns fragmentos, literalmente, de/em papiro(s), de origem muito remota mesmo, bastante próximos desses originais, das últimas décadas do Séc. I, D.C.!). O meu, digamos, parecer’, agora, mais especificamente, com um exemplo, a seguir ‘proposto..!... Só não propus', ao texto final apresentado, as 5 *estrelas’ porque, como em tudo, obviamente, na minha modesta opinião e, acima de tudo, numa perspectiva!/abordagem' à respectiva metodologia adoptada - e, ao seu, resultado'final!.., existem, a meu ver, algumas lacunas', a apontar e/ou assinalar, pontualmente..!... Por exemplo, no Evangelho Segundo S.João, no seu Capítulo XI (na famosa passagem/episódio, da perícopa relativa à 'Ressurreição de Lázaro', em Betânia, surge, entretanto, e como exemplo apenas, o versículo 36 traduzindo(-se), desta forma, e reflectindo(-se) a reacção do Povo Judeu aquando da, gradual, aproximação de Jesus, do/ao túmulo de Lázaro (e, com tal facto, ao comover-Se intimamente e profundamente, compadecido e tão próximo’!, perante a frágil condição humana; pois, é, isso mesmo constatado, pelo Evangelista João, ao registar’ que, o Senhor "Jesus chorou."...!.. .), o mesmo povo judaico presente e a acompanhar no seu luto, a dor - solidários, obviamente, também, com a perda e com essa mesma dor, com o sofrimento por que estavam a passar as irmãs, Marta e Maria, de Betânia, exclama, então, comenta, sussurra, digamos'assim - e segundo a citada tradução 'dos Capuchinhos' e que é registado, o correspondente ao versículo citado (Evang. Jo.11, 36), o seguinte: "Vede/vejam, como Ele (Jesus) era seu amigo! (de Lázaro)". Serei um 'purista/rigorista' (?!..), não sei...; mas, e visto que a edição presente, ou seja, em causa, não é uma edição no, comumente designado 'português corrente' (para tal e para outros fins, existe mesmo, da mesma Editora, uma edição própria, específica, em linguagem, digamos, mais 'adaptada', actualizada', adaptada à realidade actual, no/num estilo, de expressões usadas, com termos e conceitos empregues..., a fim de, objectivamente, tornar mais’acessível e, digamos, compreensível o texto original, a um maior número de pessoas, num âmbito mais vasto, isto é, no fundo, ainda mais abrangente, mais lato, nessa mesma abrangência, dizia’eu, e que, para tal, existem, enfim, de facto, versões/edições’, em concreto, e/ou em particular, para tal ensejo, com esse mesmo objectivo, para esse fim..!... Concluindo (pois já me alonguei' em demasia, não há dúvida), nesta tradução, formal, clássica’, académica e cientificamente - e, como é óbvio, também, linguisticamente mais rigorosa, ou seja, mais 'correcta'!, mais fidedigna e em concordância, na sua essência, com/aos códices/manuscritos originais e que, no fundo, na minha opinião (e esta mesma ‘vale o que vale’, como sole dizer-se…) era a que, devia, penso eu, ser adoptada, enfim, nesta mesma tradução - que, realmente, é já um 'clássico'!(e que 'merece', realmente, tal ‘reputação’ tal é a qualidade da tradução em questão, sem dúvida, sublinhe-se), e até pela honestidade intelectual que é devida, na responsabilidade que é colocada na concretização desta(s) empresa(s)’/trabalho(s) e que, a mesma, existe e que predomina’!, certamente, na melhor das acepções, é indubitável!!.., não deveria, então, a meu ver – e, pergunto eu, de ser, por exemplo no/neste caso em concreto, adoptada a(uma) tradução'(!?..), não tão dolicodoce' - e, por isso, talvez, menos, chocante' (?!) como, no fundo é, a tradução, por exemplo, adoptada de: "Vede, como era Seu amigo!", mas SIM!, julgo eu, ser a tradução, muito mais, rigorosa, mais fiel, mais justa'…, mais forte, mais vigorosa, mais viva!, mais estremecedora'/mais humana e divina, simultaneamente!!mais, enfim, digamos, fidedigna, mais'próxima do(s) original(ais) em grego!?...e, no fundo, realmente e até mais 'verdadeira' uma(essa!) expressão, que a seguir proponho, como exemplo..?!...: mais, aliás muito mais!espontânea, genuína’, sem dúvida, mais sublime, inquestionavelmente a, muito mais, reitero, fidedigna, próxima do original na sua essência, no seu âmago, rigorosamente, mais fiel’?...(ou seja, o mesmo até a nível académico / metodológico, intelectualmente e, honestamente', assim mesmo, se 'exige', enfim, o requer..a mesma exegese bíblica, a hermenêutica bíblica, a linguística....!..etc..!?..), deve(ria!..), penso eu, então, por exemplo, ser ‘proposta' - no caso e como exemplo tomado, a/uma tradução (a mesma, penso, enfim, ser mais autêntica', mais genuína, fiel e rigorosa!, isto é, mais..'espontânea', no fundo!) e, objectivamente , no caso dado como exemplo a que é, deveras, sem quaisquer dúvidas!a que julgo ser mais aproximada do espírito!da letra’original e que é, penso eu - e reitero-o, a tradução, seguinte..; (isto) sem preconceitos e/ou.. 'pruridos…! Ei-la: - "Vede, como Ele o amava!" (Jo; 11,36) ..!... Como nos ama, no fundo, a todos!!, incondicionalmente.., e sem medida! Tenho dito’; 'dixit est'! Obrigado, também, pela paciência, em ´lerem-me'...!.. :-) (BRAGANÇA).

  • "NOVO TESTAMENTO" - 'Difusora Bíblica' - Recomendo, vivamente!
    Pedro Borges (BRAGANÇA) | 28-08-2014

    Esta presente edição do “NOVO TESTAMENTO” é, também, no fundo, a conhecida e conceituada versão/tradução realizada, há já alguns anos e que é, a da "DIFUSORA BÍBLICA"! (comumente também conhecida, essa mesma tradução efectuada, na sua íntegra, como 'Bíblia Sagrada’, dos Capuchinhos', - para o ‘Terceiro Milénio da Encarnação – O texto, inicial, já com várias reimpressões e, inúmeras, sucessivas edições!, data, inicialmente, de uma versão primeira no já longínquo ano de 1993, até à sua versão/tradução actual e que, mesmo assim, já remonta ao período seguinte: 1998/2000 ..!!...) . Esta obra e todo o trabalho que lhe está inerente, apresentado no presente texto - e que é, afinal, bem patente no mesmo e, entretanto, realizado, para esta edição/versão da “Bíblia Sagrada” no texto fixado em particular (aqui apresentada apenas na parte que se refere ao “NOVO TESTAMENTO”) é/foi na sua concretização, certamente, exaustivo’, digamos assim.., na sua versão/tradução vertida no resultado final, neste texto, em relação ao fixado - e ao correspondente ‘original/nais’, por parte dos vários especialistas, de diversas áreas, colaboradores, participantes deste mesmo trabalho (e que é marcante’, bem muito pela positiva..!...), e que, decerto, a integraram, obviamente, também, biblistas, tradutores, professores de Sagrada Escritura, exegetas, teólogos estudiosos, concretamente, no âmbito, mais específico, de/dos estudos bíblicos, como é óbvio, especialistas em tradução, linguística, etc., ... é, deveras, sim, concordemos’ – é realmente!..., admirável; mesmo. Penso que seja, de uma forma ou de outra, mais ou menos, direi, consensual, esta minha apreciação atrás referida e que aqui fica, registada...! E esta obra (apresentada aqui em ‘formato de bolso’) corresponde, concretamente, à publicação, neste caso concreto, do texto relativo à parte do “Novo Testamento” cristão, e é, assim, desse modo, o seu resultado/trabalho final, reitero-o - e, saliente-se, desde logo, notável!...: e tal, constitui 1facto; indubitavelmente. Já adquiri, sim, há já algum tempo, esta conhecida e reputada 'tradução/versão dos códices/’manuscritos originais' e que restam!... (Apesar destes, serem já cópias, de cópias’… . Todavia, existem ainda, é verdade – e têm sido descobertos, também, alguns fragmentos, literalmente, de/em papiro(s), de origem muito remota mesmo, bastante próximos desses originais, das últimas décadas do Séc. I, D.C.!). O meu, digamos, parecer’, agora, mais especificamente, com um exemplo, a seguir ‘proposto..!... Só não propus', ao texto final apresentado, as 5 *estrelas’ porque, como em tudo, obviamente, na minha modesta opinião e, acima de tudo, numa perspectiva!/abordagem' à respectiva metodologia adoptada - e, ao seu, resultado'final!.., existem, a meu ver, algumas lacunas', a apontar e/ou assinalar, pontualmente..!... Por exemplo, no Evangelho Segundo S.João, no seu Capítulo XI (na famosa passagem/episódio, da perícopa relativa à 'Ressurreição de Lázaro', em Betânia, surge, entretanto, e como exemplo apenas, o versículo 36 traduzindo(-se), desta forma, e reflectindo(-se) a reacção do Povo Judeu aquando da, gradual, aproximação de Jesus, do/ao túmulo de Lázaro (e, com tal facto, ao comover-Se intimamente e profundamente, compadecido e tão próximo’!, perante a frágil condição humana; pois, é, isso mesmo constatado, pelo Evangelista João, ao registar’ que, o Senhor "Jesus chorou."...!.. .), o mesmo povo judaico presente e a acompanhar no seu luto, a dor - solidários, obviamente, também, com a perda e com essa mesma dor, com o sofrimento por que estavam a passar as irmãs, Marta e Maria, de Betânia, exclama, então, comenta, sussurra, digamos'assim - e segundo a citada tradução 'dos Capuchinhos' e que é registado, o correspondente ao versículo citado (Evang. Jo.11, 36), o seguinte: "Vede/vejam, como Ele (Jesus) era seu amigo! (de Lázaro)". Serei um 'purista/rigorista' (?!..), não sei...; mas, e visto que a edição presente, ou seja, em causa, não é uma edição no, comumente designado 'português corrente' (para tal e para outros fins, existe mesmo, da mesma Editora, uma edição própria, específica, em linguagem, digamos, mais 'adaptada', actualizada', adaptada à realidade actual, no/num estilo, de expressões usadas, com termos e conceitos empregues..., a fim de, objectivamente, tornar mais’acessível e, digamos, compreensível o texto original, a um maior número de pessoas, num âmbito mais vasto, isto é, no fundo, ainda mais abrangente, mais lato, nessa mesma abrangência, dizia’eu, e que, para tal, existem, enfim, de facto, versões/edições’, em concreto, e/ou em particular, para tal ensejo, com esse mesmo objectivo, para esse fim..!... Concluindo (pois já me alonguei' em demasia, não há dúvida), nesta tradução, formal, clássica’, académica e cientificamente - e, como é óbvio, também, linguisticamente mais rigorosa, ou seja, mais 'correcta'!, mais fidedigna e em concordância, na sua essência, com/aos códices/manuscritos originais e que, no fundo, na minha opinião (e esta mesma ‘vale o que vale’, como sole dizer-se…) era a que, devia, penso eu, ser adoptada, enfim, nesta mesma tradução - que, realmente, é já um 'clássico'!(e que 'merece', realmente, tal ‘reputação’ tal é a qualidade da tradução em questão, sem dúvida, sublinhe-se), e até pela honestidade intelectual que é devida, na responsabilidade que é colocada na concretização desta(s) empresa(s)’/trabalho(s) e que, a mesma, existe e que predomina’!, certamente, na melhor das acepções, é indubitável!!.., não deveria, então, a meu ver – e, pergunto eu, de ser, por exemplo no/neste caso em concreto, adoptada a(uma) tradução'(!?..), não tão dolicodoce' - e, por isso, talvez, menos, chocante' (?!) como, no fundo é, a tradução, por exemplo, adoptada de: "Vede, como era Seu amigo!", mas SIM!, julgo eu, ser a tradução, muito mais, rigorosa, mais fiel, mais justa'…, mais forte, mais vigorosa, mais viva!, mais estremecedora'/mais humana e divina, simultaneamente!!mais, enfim, digamos, fidedigna, mais'próxima do(s) original(ais) em grego!?...e, no fundo, realmente e até mais 'verdadeira' uma(essa!) expressão, que a seguir proponho, como exemplo..?!...: mais, aliás muito mais!espontânea, genuína’, sem dúvida, mais sublime, inquestionavelmente a, muito mais, reitero, fidedigna, próxima do original na sua essência, no seu âmago, rigorosamente, mais fiel’?...(ou seja, o mesmo até a nível académico / metodológico, intelectualmente e, honestamente', assim mesmo, se 'exige', enfim, o requer..a mesma exegese bíblica, a hermenêutica bíblica, a linguística....!..etc..!?..), deve(ria!..), penso eu, então, por exemplo, ser ‘proposta' - no caso e como exemplo tomado, a/uma tradução (a mesma, penso, enfim, ser mais autêntica', mais genuína, fiel e rigorosa!, isto é, mais..'espontânea', no fundo!) e, objectivamente , no caso dado como exemplo a que é, deveras, sem quaisquer dúvidas!a que julgo ser mais aproximada do espírito!da letra’original e que é, penso eu - e reitero-o, a tradução, seguinte..; (isto) sem preconceitos e/ou.. 'pruridos…! Ei-la: - "Vede, como Ele o amava!" (Jo; 11,36) ..!... Como nos ama, no fundo, a todos!!, incondicionalmente.., e sem medida! Tenho dito’; 'dixit est'! Obrigado, também, pela paciência, em ´lerem-me'...!.. :-) (BRAGANÇA).

Novo Testamento
ISBN: 9789726521013Edição ou reimpressão: Editor: Difusora BíblicaIdioma: PortuguêsDimensões: 150 x 230 x 20 mmPáginas: 448Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros em Português > Religião e Moral > Estudos Bíblicos
X
Coloque aqui o seu comentário

Novo Testamento

a sua avaliação:
X
Obrigado pela sua contribuição!

O seu comentário foi enviado para validação.

Nota:
A WOOK reserva-se ao direito de não validar textos que não se foquem na análise do conteúdo do livro ou produto. Caso pretenda colocar alguma questão sobre o artigo deverá fazê-lo através do Centro de Contacto.
X
imagem
X
wook deve saber

Promoção válida para o dia 27-09-2016

Saiba mais sobre preços e promoções consultando as nossas condições gerais de venda.

X
recomendar

Novo Testamento

Para recomendar esta obra a um amigo basta preencher o seu nome e email, bem como o nome e email da pessoa a quem pretende fazer a sugestão. Se quiser pode ainda acrescentar um pequeno comentário, de seguida clique em enviar o pedido. A sua recomendação será imediatamente enviada em seu nome, para o email da pessoa a quem pretende fazer a recomendação.

A sua identificação:

A identificação da pessoa a quem quer recomendar este titulo:

Se pretende enviar esta recomendação para mais de um endereço de e-mail, separe na caixa anterior os endereços com ",". Ex: abc@abc.pt,xyz@xyz.pt

X
A sua recomendação foi enviada com sucesso!
X
Ocorreu um erro a obter a informação! Por favor tente mais tarde.
X
alerta de artigo novamente disponível

De momento, este produto não se encontra disponível no fornecedor. Caso o mesmo volte a ficar disponível, poderemos notifica-lo, bastando para tal que nos indique o seu endereço de email.

X
O seu pedido foi registado com sucesso.

Caso este produto fique disponível, será alertado por email

X
wook deve saber

Este eBook pode ser lido em qualquer dispositivo com browser, sem necessidade de fazer o download de qualquer software ou de possuir qualquer tipo de equipamento específico de leitura.
Após a compra, o eBook é disponibilizado de imediato na sua Biblioteca Wook, onde poderá ler e organizar todos os seus eBooks e à qual poderá aceder a partir do site WOOK ou da nossa aplicação (APP).
A versão web da Biblioteca Wook está otimizada para as versões mais recentes dos browsers Google Chrome, Internet Explorer, Safari, Firefox e Edge.

Para otimizar o acesso à sua Biblioteca Wook e ter acesso à opção de leitura em modo offline (sem ligação à internet) deverá instalar a nossa APP de leitura:

X
wook deve saber

Este eBook está encriptado com DRM (Digital rights management) da Adobe e é aberto na aplicação de leitura Adobe Digital Editions (ADE) ou em outras aplicações compatíveis.
Após a compra, o eBook é de imediato disponibilizado na sua área de cliente para efetuar o download.

Para ler este eBook num computador instale a aplicação Adobe Digital Editions.
Antes de instalar o Adobe Digital Editions, veja aqui o vídeo de ajuda:

Para ler este eBook em tablet e smartphone instale a aplicação Adobe Digital Editions para IOS ou Android.

X
wook deve saber

O PDF é um formato de arquivo digital desenvolvido pela Adobe e que disponibiliza uma imagem estática das páginas do livro e, independentemente do dispositivo de leitura, não redimensiona o texto ao tamanho do ecrã do dispositivo.

X
wook deve saber

O ePUB é um formato que proporciona uma excelente experiência de leitura dado que permite o redimensionamento do texto ao ecrã do dispositivo de leitura, aumentar ou diminuir o tamanho do texto, alterar o tipo de fonte, entre outras funcionalidades

X
subscrever newsletters
subscrever newsletters

Estimado(a) subscritor(a), de seguida irá receber, no endereço de email , uma mensagem com mais informações sobre esta subscrição.
Obrigado.

X
não encontrou wook procura?

Nós procuramos por si!

A sua identificação:

A identificação do livro que procura:

O seu pedido foi enviado com sucesso!
X
envie esta lista aos seus amigos

lista de desejos

A identificação da pessoa a quem quer enviar esta lista:

X
A sua lista de compras foi enviada com sucesso para .
X
selecione o livro adotado:
X
wook deve saber


Oferta de portes, ou devolução do valor em cartão, para Portugal continental em CTT Expresso Clássico ou Rede Pickup. 30% de desconto, ou devolução em cartão, nos envios para as ilhas dos Açores e Madeira, em CTT Expresso Clássico. Tipos de envio disponíveis para encomendas até 10 kg.

Promoção válida para encomendas de livros não escolares registadas até 31/12/2016. Descontos ou vantagens não acumuláveis com outras promoções.

X
wook deve saber


A devolução do valor dos portes de envio, em cartão Wookmais, será efetuada 18 dias após a faturação. Oferta válida para uma encomenda com entrega em Portugal.

X
a sua lista de desejos encontra-se vazia

Adicione à sua lista de desejos todos os produtos que deseja comprar mais tarde, envie-a aos seus amigos antes do seu aniversário, Natal ou outras datas especiais - quem sabe se eles o surpreendem!

Seja informado sobre promoções destes produtos

X
Ocorreu um erro

Por favor tente novamente mais tarde.

X
atingiu o limite máximo de dispositivos autorizados

Por favor, aceda à area de cliente para gerir os dispositivos ativos.

X
wook deve saber


EM STOCK – ENVIO IMEDIATO
Se a sua encomenda for constituída apenas por produtos com esta disponibilidade e for paga até às 16 horas de um dia útil, será processada de imediato e enviada para o correio no próprio dia. Encomendas pagas após as 16 horas passarão para o processamento do dia útil seguinte. Esta disponibilidade apenas é garantida para uma unidade de cada produto e até 15 minutos após o registo da encomenda.

ENVIO ATÉ X DIAS
Esta disponibilidade indica que o produto não se encontra em stock e que demorará x dias a chegar do fornecedor. Estes produtos, especialmente as edições mais antigas, estão sujeitos à confirmação de preço e disponibilidade de stock no fornecedor.

PRÉLANÇAMENTO
Os produtos com esta disponibilidade só serão enviados na data indicada. Normalmente são entregues no data de lançamento.

DISPONIBILIDADE IMEDIATA
Tipo de disponibilidade associada aos eBooks, que são disponibilizados de imediato, após o pagamento da encomenda, na sua biblioteca.

Para calcular o tempo de entrega de uma encomenda deverá somar à disponibilidade mais elevada dos artigos que está a encomendar o tempo de entrega associado ao tipo de envio escolhido.