Na Outra Margem da Memória

Livro 1

de Vladimir Nabokov

editor: Difel, abril de 1986
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
As primeiras sensações, os primeiros jogos, as primeiras recordações, os livros, as férias, o primeiro amor de criança, o primeiro idílio de adolescente, os primeiros poemas são neste livro uma evocação extraordinariamente viva, precisa e subtil, uma evocação com a beleza de um poema em prosa.
Depois é o exílio na Europa, desde 1919 até 1940, quando embarca para os Estados Unidos para proteger da perseguição a mulher, Vera, de ascendência judaica. Com humor, evoca os três anos de estudante em Cambridge, a sua vida em Berlim e em Paris, a atitude do espírito dos intelectuais russos emigrados.
Na Outra Margem da Memória tem sido considerado pela crítica uma obra de uma qualidade literária excepcional: uma construção perfeita, uma prosa simultaneamente precisa e rica, um humor constante.

"Para mim, Nabokov era um dos raros escritores a mostrar o que se podia fazer em literatura com a língua e os processos narrativos. O tom dos seus livros é extremamente comovente, nomeadamente nas memórias (Na Outra Margem da Memória). O país perdido em que vivia Nabokov foi magnificamente recriado neste livro. Julgo que os russos são as únicas pessoas no mundo amar o seu país com tamanha intensidade."
John Updike

"(...) Gostava de Nabokov não só porque a sua escrita era literária, não só porque se identificava com os poetas e com os exilados deste mundo, mas porque Nabokov pensava que a arte era mais importante do que a política, mais importante mesmo do que a própria vida."
Erica Jong

"Com o correr dos anos, a minha admiração por Nabokov não deixou de aumentar. A sua polémica com o "charlatanismo freudiano" (a actualidade encarregou-se de lhe dar razão); a sua obsessão pelas borboletas como imagem do desejo inútil, a obstinação em situar as suas narrativas fora do tempo, num luxo permanente e paradoxal, são provas de um grande carácter, lúcido e jovial."
Philippe Sollers

«Uma «autobiografia revisitada» de um génio chamado Vladimirovich Nabokov (1899-1977). O autor sempre quis ser único. O jogador de xadrez e amante de borboletas que odiava Dostoievski, Freud e Sartre corporizou uma das mais admiráveis intransigências estéticas do século XX, de que a sua obra ensaística, poética e romanesca é o testemunho indispensável. Um grande lançamento editorial, esta Na Outra Margem da Memória.»
Expresso

Na Outra Margem da Memória

de Vladimir Nabokov

Propriedade Descrição
ISBN: 507734
Editor: Difel
Data de Lançamento: abril de 1986
Idioma: Português
Dimensões: 229 x 151 x 26 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 260
Tipo de produto: Livro
Coleção: Biografias
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Biografias
EAN: 9789895553110
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Vladimir Nabokov

Escritor norte-americano de origem russa, nascido em 1899 e falecido em 1977, exilou-se com a família na Inglaterra, França e Alemanha. Neste último país, escreveu, em russo, a primeira parte da sua obra literária, de entre a qual se destaca Mashenka e Glória.
Em 1940 partiu para os Estados Unidos da América, adquirindo a nacionalidade americana em 1945. Começou a escrever em inglês, mantendo, nas obras deste período, o fundo fantástico, a visão irónica da vida quotidiana e a mestria formal que já havia demonstrado, e almejou levar a cabo um retrato da sociedade norte-americana através das suas convenções culturais e posturas perante o sexo.
São dignas de nota as narrativas: "Invitation to a Beheading", "The Real Life of Sebastian Knight", "Lolita", um grande êxito editorial transposto para o cinema por S. Kubrick e cujo argumento se baseia nos amores de um homem adulto por uma adolescente, "Pale Fir", Pnin, Ada; or Ardor: A Family Chronicle" e "Speak Memory".

(ver mais)
Lolita

Lolita

10%
Relógio D'Água
21,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Ada ou Ardor

Ada ou Ardor

10%
Relógio D'Água
26,00€ 10% CARTÃO
portes grátis