Matérias Sensíveis

de Maria Filomena Molder

editor: Relógio D'Água, janeiro de 1999
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Reúne-se neste volume a quase totalidade de textos sobre imagem, arte e artistas, escritos por Maria Filomena Molder entre 1985 e 1998.

Matérias Sensíveis

de Maria Filomena Molder

Propriedade Descrição
ISBN: 9789727085613
Editor: Relógio D'Água
Data de Lançamento: janeiro de 1999
Idioma: Português
Dimensões: 167 x 233 x 14 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 236
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Arte > Design e Ilustração Livros em Português > Arte > Pintura
EAN: 9789727085613
Maria Filomena Molder

Professora Catedrática, Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa (FCSH-UNL). Doutorou-se em 1992 com a tese O Pensamento Morfológico de Goethe (INCM, Lisboa, 1995). É membro do Instituto de Filosofia da Linguagem (IFILNOVA) e do Groupe International de Recherches sur Nietzsche (GIRN). Foi membro do Conselho Científico do Collège International de Philosophie, Paris (2003-2009).
Escreve sobre problemas de estética, enquanto problemas de conhecimento e de linguagem, para revistas de filosofia e de literatura, entre outras, Filosofia e Epistemologia, Prelo, Análise, Revista Ler, Sub-Rosa, A Phala, Internationale Zeitschrift fu¨r Philosophie, Philosophica, Belém, Dedalus, Intervalo, Rue Descartes, Chroniques de Philosophie, La Part de l’Oeil, Cadernos Nietzsche, Lettre International, Diaphanes.
Tem igualmente escrito para catálogos e outras publicações sobre arte e artistas, portugueses e estrangeiros, entre os quais, Jorge Martins, Ruy Leitão, Rui Chafes, Helena Almeida, Ana Vieira, Luísa Correia Pereira, Julião Sarmento, Rui Sanches, António Sena, José Pedro Croft, Bernard Plossu, Juan Muñoz, Noronha da Costa, Antony Gormley, Louise Bourgeois, Francisco Tropa, Amadeo de Souza-Cardoso, Alberto Giacometti, Alexandre Conefrey. Coautora e locutora do programa de rádio «Ruas de sentido único» (Antena 2, maio-julho 2019), atividade do projeto «Fragmentação e Reconfiguração: a experiência da cidade, entre arte e filosofia», apoiado pela FCT (2018-2021), do qual é coordenadora.
Principais publicações: Semear na Neve. Estudos sobre Walter Benjamin (Relógio D’Água, Lisboa, 1999 — Prémio PEN Clube 2000 para Ensaio), A Imperfeição da Filosofia (Relógio D’Água, Lisboa, 2003), O Absoluto Que Pertence à Terra (Edições Vendaval, 2005), Símbolo, Analogia e Afinidade (Edições Vendaval, 2009), O Químico e o Alquimista. Benjamin, Leitor de Baudelaire (Relógio D’Água, 2011 — Prémio PEN Clube 2012 para Ensaio), As Nuvens e o Vaso Sagrado (Relógio D’Água, 2014), Rebuçados Venezianos (Relógio D’Água, 2016 — Prémio AICA/FCC 2017), Depósitos de Pó e Folha de Ouro (Lumme Editora, São Paulo, 2016), Cerimónias (Chão da Feira, Belo Horizonte, 2017), Dia Alegre, Dia Pensante, Dias Fatais (Relógio D’Água, 2017— Prémio PEN Clube 2018 para Ensaio).

(ver mais)
O Absoluto que Pertence à Terra

O Absoluto que Pertence à Terra

10%
Edições do Saguão
14,00€ 10% CARTÃO
Três Conferências

Três Conferências

10%
Edições do Saguão
17,00€ 10% CARTÃO
portes grátis