Mário Beirão - Poesias Completas

Livro 1

de Mário Beirão

editor: INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda, abril de 1996
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Edição organizada por António Cândido Franco e Luís Amaro. Prefácio de José Carlos Seabra Pereira
Integrado no amplo movimento poético do saudosismo, cujo chefe incontestado foi Teixeira de Pascoaes, Mário Beirão (1892-1965) é autor de uma obra de invulgar qualidade literária, iniciada aos 21 anos, com o volume O Último Lusíada (1913) e de que fazem parte mais sete livros de poemas - Ausente (1915), Lusitânia (1917), Pastorais (1923), A Noite Humana (1928), Novas Estrelas (1940), Mar de Cristo (1957) e O Pão da Cela (1964), além de um livro de impressões de viagens, Oiro e Cinza (1946), aqui pela primeira vez reunidos. Como dele escreveu David Mourão Ferreira, "cantor dos campos de Beja, das pedras da cidade e das ascéticas planuras do seu termo, da bravia austeridade das suas gentes, Mário Beirão foi igualmente um predestinado dedo de todos os cantos da vasta Casa Lusitana e, ao mesmo tempo, um grande lírico repartido entre a sondagem metafísica da alma e o franciscano louvor dos aspectos mais simples da natureza e da existência".

Mário Beirão - Poesias Completas

de Mário Beirão

Propriedade Descrição
ISBN: 1002051430002
Editor: INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
Data de Lançamento: abril de 1996
Idioma: Português
Dimensões: 149 x 238 x 36 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 672
Tipo de produto: Livro
Coleção: Biblioteca de Autores Portugueses
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 1002051430002
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e e

Mario Beirão, um génio esquecido.

António Vitor Carvalhais

Mário Beirão que viveu entre 1890 e 1965 foi proscrito posteriormente pela sua adesão ao Salazarismo. Estamos a falar de um poeta Cristão que exalta os valores tradicionais e patrióticos em vários poemas sendo que noutros se entrega a um Lirismo metafísico e transcendente assombrado pela presença do passado e onde a saudade e a evocação melancólica da paisagem e dos lugares estão sempre presentes com um apuro formal magistral criando imagens poéticas de enorme beleza. Estamos a falar de um dos maiores poetas Portugueses de sempre que continua injustiçado, ignorado e esquecido. Este livro é fundamental e obrigatório.

Clepsidra

Clepsidra

10%
INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
8,50€ 10% CARTÃO
A Crise da História e as suas novas directrizes

A Crise da História e as suas novas directrizes

10%
INCM – Imprensa Nacional Casa da Moeda
18,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Antologia Poética

Antologia Poética

10%
Edições Minerva Coimbra
10,00€ 10% CARTÃO
Paris 50

Paris 50

10%
Editora Labirinto
10,00€ 10% CARTÃO