Wook.pt - Manual de Retórica & Direito

Manual de Retórica & Direito

de Maria Luísa Malato e Paulo Ferreira da Cunha 

22,72€
Esgotado ou não disponível.
Sinopse

INTRODUÇÃO

Falamos cada vez mais com maior impropriedade, com falta de rigor, e nem se fala na elegância e na subtileza, que se exilam crescentemente do discurso. Se contamos uma anedota mais subtil, temos de preparar o auditório - pois corremos o risco de que não ria -, e garantem-nos especialistas que tanto mais indiferente ficará quanto mais sisudo e pretencioso for. A ironia está a perder-se. Como se perdeu, de há muito, o gosto do espírito(l). Somos um país com um humor ou plebeízado ou absurdo, como se pode aferir pelos sucessos mediáticos.
As artes oratórias decaem na política. Onde outrora brilhava a verve, agora só se agitam números - e contraditórios -, e em alguns casos roça-se o insulto, quando não se cai nele rotundamente.
A palavra mediática é plastificada, com indizíveis bordões de linguagem; multiplicam-se não só as siglas mas muitas designações já são cunhadas a pensar nas siglas daí resultantes - mesmo sacrificando a eufonia e a concordância. E verdadeiras línguas de pau (langues de bois) saem da comitologia e da burocracia em geral. Uma delas é, precisamente, o "eduques". Talleyrand tinha razão, na sua grande experiência de diplomata: a palavra, em certos círculos, parece ter sido dada ao Homem para que oculte as ideias. Acrescentaríamos: ou as confunda.
No foro, tradicional berço de retórica, dizem-nos que há países que proscreveram o uso do Latim em juízo - assim parifícando por baixo. Mas como falar Direito sem fazer eco da língua em que o Direito foi pela primeira vez pensado? E não são só as palavras, são sobretudo os conceitos, e as fórmulas dos tópicos, dos argumentos. Como se dirá sem largas perífrases aberratio ictus em chinês? E será que se pode mesmo dizer Pacta sunt servanda de outra forma sintética que não Pacta sunt servanda] A crise da Justiça, a tão falada crise da Justiça, tem muitas componentes. Uma delas, e não pequena - mas pouco visível e mediática - é a crise da palavra e a crise da dialéctica.
Crise da palavra, porque a preparação dos juristas decaiu muito, o que tem sido reconhecido, no país e no estrangeiro, e desde logo por Ordens dos Advogados. Os candidatos a juristas e alguns juristas mesmo, exprimem-se mal, com erros, com deficiências. E a obscuridade, a impropriedade, as dificuldades linguísticas e expressivas em geral são ao mesmo tempo causa e consequência de dificuladades de fundo: desde logo, de julgamento, de apreciação, de teorização, de conceituação, de aplicação prática. Não é possível ser-se um bom jurista sem o domínio ágil, hábil e pleno da Língua. Crise da dialéctica, concomitante à primeira, porque se se não tem um vocabulário vasto, se se não dominam as regras da composição, se se ignora a gramática, se se claudica na exposição, se se definha perante a contrariedade de um argumento adverso, não há discurso dialógico, nem pode haver direito, que é triangulação de perspectivas. De uma tese, de uma antítese, de uma síntese.
Além disso, uma forma mentis imperante de sucesso a todo custo, e pisando tudo e todos, deixa pouco lugar ao diálogo, e os argumentos todos prefere o baculinum. Uma cultura tecnocrática, de pretenso eficientismo, odeia a palavra: como diz o poema, os bárbaros odeiam os discursos. É verdade que a Justiça se encontra em crise. Mas um dos elementos dessa crise é a de comunicação. Os juristas estão também a ser alvo de muitas críticas, e de demasiados olhares (antes, quantos se atreviam a olhar para a Justiça face a face?), e não se têm sabido defender. O que não significa, não pode significar, descer o nível do discurso, e vir a terreiro desculpar-se da calúnia ou da incompreensão. Mas é inegável que os juristas precisam de melhor marketing, e de uma palavra ao mesmo tempo mais nobre, mais digna, e mais convincente.
No seu património estão tesouros que os juristas legaram à Cultura em geral. É do reencontro com esses tesouros que aqui se trata. Naturalmente adaptado aos desafios contemporâneos.
O presente livro deseja-se uma síntese manejável da imensa e multisecular Arte Retórica. E sobretudo uma introdução às vastas bibliografias específicas, sobretudo estrangeiras.
Epistemologicamente, não opõe Retórica Geral a Retórica Jurídica, nem mesmo as deseja apartar liminarmente. Pelo contrário, parte do princípio de que o mundo da Retórica e o mundo do Direito, longe de se unirem por apenas toleradas escassas pontes, são, em grande medida, sobreponíveis. Melhor: há um universo único, um todo, que não é sequer Retórica Jurídica específica, mas que melhor consideramos exprimir-se, como numa sigla de sociedade comercial, pela conjunção "&": Retórica & Direito.
O ente epistémico em causa aqui deve chamar-se Retórica & Direito, como já sucede, reconhecidamente, em áreas também "novas", embora velhíssimas, como os estudos de Direito e Sociedade (Droit et société) ou Direito e Literatura (Law & Literature). Mas não é de teorização epistémica que curamos neste livro. Antes de matérias muito mais práticas, mesmo quando pareçam teóricas.
E a razão da precedência da Retórica face ao Direito, neste novo sintagma reside no facto de ser prevalente a vis retórica, contribuindo o jurídico com a sua vivência prática, exprimida sobretudo numa tópica particular, de lugares próprios.
Começando pela Retórica Geral, comum a todos, termina o presente Manual pela especificidade da Retórica Jurídica, especialmente a Tópica Jurídica. Pensado de há muitos anos pelos autores, vem agora público. É fruto de mais de três lustros de ensino e reflexão de um e outro, quer no domínio da Retórica Geral, Estilística Literária e Metodologia do Trabalho Científico, quer no âmbito da Retórica Jurídica, parte essencial da Metodologia do Direito. Os autores consideram um privilégio terem podido contar com duas excelentes traduções, sobre O modo de Estudar (esta com uma introdução do tradutor) e sobre a Justiça, respectivamente do Prof. Doutor Jean Lauand, titular da Faculdade de Educação da Universidade de São Paulo (USP) e do Prof. Dr. P.e João Sérgio Lauand, Director do Centro Cultural São Dimas e da Escola Superior de Direito Constitucional (ESDC), de São Paulo. Bem hajam!
Está longe, naturalmente, de ser uma obra acabada sobre o assunto. Mas procura responder à necessidade dos estudantes, tanto juristas, como humanistas, e às conveniências dos práticos do foro. Não deixando de poder ser útil aos políticos, e a todos aqueles que têm de pensar com a palavra e exprimir ideias.

Universidade do Porto, Março de 2007

Manual de Retórica & Direito
ISBN: 9789727243310Edição ou reimpressão: Editor: Quid JurisIdioma: PortuguêsDimensões: 170 x 239 x 18 mmPáginas: 352Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros em Português > Direito > História e Estudos do Direito
X
Coloque aqui o seu comentário
Manual de Retórica & Direito
a sua avaliação:
X
Obrigado pela sua contribuição!

O seu comentário foi enviado para validação.

Nota:
A WOOK reserva-se ao direito de não validar textos que não se foquem na análise do conteúdo do livro ou produto. Caso pretenda colocar alguma questão sobre o artigo deverá fazê-lo através do Centro de Contacto.
X
imagem
X
wook deve saber
Promoção válida para o dia 26-03-2017

Saiba mais sobre preços e promoções consultando as nossas condições gerais de venda.
X
recomendar
Manual de Retórica & Direito de Maria Luísa Malato e Paulo Ferreira da Cunha 
Para recomendar esta obra a um amigo basta preencher o seu nome e email, bem como o nome e email da pessoa a quem pretende fazer a sugestão. Se quiser pode ainda acrescentar um pequeno comentário, de seguida clique em enviar o pedido. A sua recomendação será imediatamente enviada em seu nome, para o email da pessoa a quem pretende fazer a recomendação.

A sua identificação:

A identificação da pessoa a quem quer recomendar este titulo:

Se pretende enviar esta recomendação para mais de um endereço de e-mail, separe na caixa anterior os endereços com ",". Ex: abc@abc.pt,xyz@xyz.pt

X
A sua recomendação foi enviada com sucesso!
X
Ocorreu um erro a obter a informação! Por favor tente mais tarde.
X
alerta de artigo novamente disponível

De momento, este produto não se encontra disponível no fornecedor. Caso o mesmo volte a ficar disponível, poderemos notifica-lo, bastando para tal que nos indique o seu endereço de email.

X
O seu pedido foi registado com sucesso.
Caso este produto fique disponível, será alertado por email
X
wook deve saber
Este eBook pode ser lido em qualquer dispositivo com browser, sem necessidade de fazer o download de qualquer software ou de possuir qualquer tipo de equipamento específico de leitura.
Após a compra, o eBook é disponibilizado de imediato na sua Biblioteca Wook, onde poderá ler e organizar todos os seus eBooks e à qual poderá aceder a partir do site WOOK ou da nossa aplicação (APP).
A versão web da Biblioteca Wook está otimizada para as versões mais recentes dos browsers Google Chrome, Internet Explorer, Safari, Firefox e Edge.
Para otimizar o acesso à sua Biblioteca Wook e ter acesso à opção de leitura em modo offline (sem ligação à internet) deverá instalar a nossa APP de leitura:
X
wook deve saber
Este eBook está encriptado com DRM (Digital rights management) da Adobe e é aberto na aplicação de leitura Adobe Digital Editions (ADE) ou em outras aplicações compatíveis.
Após a compra, o eBook é de imediato disponibilizado na sua área de cliente para efetuar o download.

Para ler este eBook num computador instale a aplicação Adobe Digital Editions.
Antes de instalar o Adobe Digital Editions, veja aqui o vídeo de ajuda:

Para ler este eBook em tablet e smartphone instale a aplicação Adobe Digital Editions para IOS ou Android.

X
wook deve saber
O PDF é um formato de arquivo digital desenvolvido pela Adobe e que disponibiliza uma imagem estática das páginas do livro e, independentemente do dispositivo de leitura, não redimensiona o texto ao tamanho do ecrã do dispositivo.
X
wook deve saber
O ePUB é um formato que proporciona uma excelente experiência de leitura dado que permite o redimensionamento do texto ao ecrã do dispositivo de leitura, aumentar ou diminuir o tamanho do texto, alterar o tipo de fonte, entre outras funcionalidades
X
não encontrou wook procura?
Nós procuramos por si!

A sua identificação:

A identificação do livro que procura:

O seu pedido foi enviado com sucesso!
X
envie esta lista aos seus amigos
lista de desejos

A identificação da pessoa a quem quer enviar esta lista:

X
A sua lista de compras foi enviada com sucesso para .
X
selecione o livro adotado:
X
wook deve saber


Oferta de portes, ou devolução do valor em cartão, para Portugal continental em CTT Expresso Clássico ou Rede Pickup. 30% de desconto, ou devolução em cartão, nos envios para as ilhas dos Açores e Madeira, em CTT Expresso Clássico. Tipos de envio disponíveis para encomendas até 10 kg.

Promoção válida para encomendas de livros não escolares registadas até 31/12/2017. Descontos ou vantagens não acumuláveis com outras promoções.

X
wook deve saber


A devolução do valor dos portes de envio, em cartão Wookmais, será efetuada 18 dias após a faturação. Oferta válida para uma encomenda com entrega em Portugal.

X
wook deve saber


EM STOCK – ENVIO IMEDIATO
Se a sua encomenda for constituída apenas por produtos com esta disponibilidade e for paga até às 16 horas de um dia útil, será processada de imediato e enviada para o correio no próprio dia. Encomendas pagas após as 16 horas passarão para o processamento do dia útil seguinte. Esta disponibilidade apenas é garantida para uma unidade de cada produto e até 15 minutos após o registo da encomenda.

ENVIO ATÉ X DIAS
Esta disponibilidade indica que o produto não se encontra em stock e que demorará x dias úteis a chegar do fornecedor. Estes produtos, especialmente as edições mais antigas, estão sujeitos à confirmação de preço e disponibilidade de stock no fornecedor.

PRÉLANÇAMENTO
Os produtos com esta disponibilidade têm envio previsto a partir da data de lançamento.

DISPONIBILIDADE IMEDIATA
Tipo de disponibilidade associada aos eBooks, que são disponibilizados de imediato, após o pagamento da encomenda, na sua biblioteca.

Para calcular o tempo de entrega de uma encomenda deverá somar à disponibilidade mais elevada dos artigos que está a encomendar o tempo de entrega associado ao tipo de envio escolhido.

X
a sua lista de desejos encontra-se vazia
Adicione à sua lista de desejos todos os produtos que deseja comprar mais tarde, envie-a aos seus amigos antes do seu aniversário, Natal ou outras datas especiais - quem sabe se eles o surpreendem!
Seja informado sobre promoções destes produtos
X
Ocorreu um erro
Por favor tente novamente mais tarde.
X
atingiu o limite máximo de dispositivos autorizados
Por favor, aceda à area de cliente para gerir os dispositivos ativos.
X
Temos pena de o ver partir!
Pode voltar a subscrever as nossas newsletters a qualquer momento, na sua área de cliente em "Newsletters".
Junte-se à comunidade wook nas redes sociais:
X
wook deve saber


WOOK É O CHECKOUT EXPRESSO?
Esta modalidade de checkout permite-lhe comprar em dois cliques, seguindo diretamente para a confirmação de encomenda.

COMO FUNCIONA?
A encomenda é pré-preenchida com os dados que habitualmente utiliza - morada faturação, morada de entrega, forma de envio e tipo de pagamento. Para finalizar o processo, necessita apenas de confirmar os dados.

POSSO UTILIZAR OS MEUS VALES?
Vales e outros descontos que se encontrem no prazo de validade, serão igualmente considerados automaticamente na encomenda.

CONSIGO ALTERAR OS DADOS DA ENCOMENDA?
Sim. Antes de confirmar, tem ainda a possibilidade de alterar todos os dados e opções de compra.

EXCEÇÕES
O botão do Checkout Expresso só será visível se:
  • Selecionar previamente, na Área Cliente, as moradas habituais de envio e de faturação;
  • Associar uma conta wallet, quando a morada de envio selecionada é no estrangeiro;
  • Não incluir artigos escolares na encomenda.