Intimidade

de Hanif Kureishi

editor: Editorial Teorema, abril de 1999
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Hanif Kureishi, escritor inglês de origem paquistanesa, para além dos livros, tem também escrito argumentos para filmes ("A Minha Bela Lavandaria", "O Meu Filho Fanático"). Desta vez foi o dramaturgo e realizador Patrice Chéreau que adaptou o seu romance "Intimidade" (a partir de uma ideia que lhe surgiu de um dos contos de "Amor em Tempos Tristes", também de Kureishi). No livro, Jay decide abandonar mulher e filhos e tenta um relacionamento com outra mulher, em moldes bastante diferentes dos instituídos. Kureishi no seu melhor, fala-nos, como sempre, dos medos, da solidão, do sexo, do amor, dos encontros e desencontros entre personagens que nos dá a ver mas não julga. Pessoas tão estranhas ou tão normais como todos nós.

Intimidade

de Hanif Kureishi

Propriedade Descrição
ISBN: 9789726953555
Editor: Editorial Teorema
Data de Lançamento: abril de 1999
Idioma: Português
Dimensões: 145 x 210 x 10 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 160
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789726953555
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Hanif Kureishi

Hanif Kureishi nasceu e foi criado em Kent. Leu filosofia no King's College, em Londres. Em 1981, ganhou o prémio George Devine com as suas peças Outskirtsand Borderline e, em 1982, foi nomeado escritor residente no Royal Court Theatre. Em 1984, escreveu My Beautiful Laundrette, que recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Argumento. O seu segundo argumento, Sammyand Rosie Get Laid (1987), foi seguido por London Kills Me (1991), que ele também dirigiu. O Buddha of Suburbia ganhou o Prémio Whitbread de Melhor Primeira Novela em 1990 e foi transformado numa série de drama em quatro partes pela BBC em 1993. A sua versão da Mother Courage de Brecht foi produzida pela Royal Shakespeare Company e pelo Royal National Theatre. O seu segundo romance, The Black Album, foi publicado em 1995. Com Jon Savage, editou The Faber Book of Pop (1995).
A sua primeira coleção de contos, Love in a Blue Time, foi publicada em 1997. A sua história My Son the Fanatic, dessa coleção, foi adaptada para cinema e lançada em 1998. Intimacy, o seu terceiro romance, foi publicado em 1998 e um filme com o mesmo título, baseado no romance e em outras histórias do autor, foi lançado em 2001 e ganhou o prémio Urso de Ouro no Festival de Berlim. A sua peça Sleep With Me estreou no Royal National Theatre em 1999. A sua segunda coleção de histórias, Midnight All Day, foi publicada em 2000. Gabriel's Gift, o seu quarto romance, foi publicado em 2001. The Body and Seven Stories and Dreaming and Scheming, uma coleção de ensaios, foram publicados em 2002.
O seu argumento, The Mother, foi dirigido por Roger Michell e lançado em 2003. Em 2004, publicou a peça When The Night Begins e um livro de memórias, My Ear At His Heart. Uma segunda coleção de ensaios, The Word and the Bomb, seguiu-se em 2005. O argumento Venus foi dirigido por Roger Michell em 2006. O romance Something to Tell You foi publicado em 2008.
Em julho de 2009, a adaptação do seu romance, The Black Album, estreou no National Theatre, antes de uma tourné nacional. Em 2010, as suas histórias coletadas foram publicadas.
Foi condecorado Cavaleiro da Ordem das Artes e Letras.

(ver mais)
O Buda dos Subúrbios

O Buda dos Subúrbios

10%
Relógio D'Água
17,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Intimidade

Intimidade

10%
Relógio D'Água
14,00€ 10% CARTÃO