Hiperatividade - Como Ajudar Seu Filho

de Maggie Jones

idioma: português do brasil, português
editor: Plexus Publishing, abril de 2004
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Livro precioso para pais de crianças que sofrem desse aflitivo distúrbio. A autora fornece informação essencial sobre tratamentos convencionais, tratamentos alternativos, alimentação e dietas adequadas, cuidados específicos para as diversas idades. Mostra os passos práticos que os pais podem dar para compreender, apoiar e cuidar da criança, possibilitando à família inteira progredir de forma positiva

.

Hiperatividade - Como Ajudar Seu Filho

de Maggie Jones

Propriedade Descrição
ISBN: 9788585689742
Editor: Plexus Publishing
Data de Lançamento: abril de 2004
Idioma: Português do Brasil, Português
Dimensões: 140 x 210 x 10 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 128
Tipo de produto: Livro
Coleção: Fonoaudiologia
Classificação temática: Livros em Português > Ciências Sociais e Humanas > Psicologia
EAN: 9788585689742
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e E

Maggie Jones - Hiperatividade - Como ajudar seu filho

C. Casal

Hiperatividade - Como ajudar seu filho de Maggie Jones, escritora, jornalista, investigadora e especialista em problemas de saúde, com especial interesse e enfase a respeito da saúde infantil e juvenil, apesar de ainda não se encontrar entre as principais obras de referência a respeita do Défice de Atenção e Hiperatividade (TDAH), Distúrbio de Défice de Atenção (DDA) ou Distúrbio de Défice de Atenção por Hiperatividade (DDAH), apresenta de forma completa e sumária todos os temas e assuntos de investigação da TDAH/ DDA/ DDAH. Publicado originalmente na língua inglesa, com o título “Hyperactivity: What’s the alternative? Help your child overcome Attention Deficit Hyperactivity Disorder”, esta obra esclarece conceitos, caraterísticas (mesmo as que induzem em erro), as propostas origens (e os correspondentes estudos em que cada um se fundamenta), perturbações associadas/comorbidade do transtorno, as diferentes formas de tratamento de hiperatividade a que os médicos, psicólogos e pais recorrem atualmente (psicopedagógico, medicamentoso, psicológico e cognitivo-comportamental), inclusivamente 24 diferentes tratamentos alternativos (alguns mais controversos que outros).