Guerra Dos Mascates

Crônica dos tempos coloniais

de José de Alencar

editor: Martin Claret
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
O conflito histórico denominado Guerra dos Mascates - o choque entre os interesses da aristocracia agrária de Olinda e os comerciantes da zona portuária de Recife - só veio a receber esse nome posteriormente, graças ao termo cunhado por Alencar para batizar o seu livro, cuja primeira parte foi publicada em 1873 e, a segunda, em 1874.Segundo os estudiosos da obra do autor, foi a desilusão política e a desavença com D. Pedro II que impulsionaram Alencar a escrever este romance, o qual, disfarçado numa roupagem antiga, denunciaria a situação atual do Império. Aqui, o autor adota um tom sarcástico numa fabulação que coerentemente deve ser destituída da ilusão e do vigor narrativo da história romântica, e o mundo ideal dos seus protagonistas anteriores cede espaço a um retrato desencantado da sociedade, no qual tudo é comenzinho e degradado, atingindo por vezes o cômico.

Guerra Dos Mascates

Crônica dos tempos coloniais

de José de Alencar

ISBN: 9788572327978
Editor: Martin Claret
Idioma: Português
Dimensões: 117 x 183 x 13 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 278
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9788572327978
José de Alencar

José Martiniano de Alencar nasceu a 1 de maio de 1829 em Messejana, no Ceará, Brasil. Escritor, advogado, deputado, político, novelista e dramaturgo, foi também o fundador do romance de temática nacional e Ministro da Justiça durante o reinado de D. Pedro II.
Membro da Academia Brasileira de Letras, o seu percurso inclui obras como A Viuvinha, O Guarani, As Minas de Prata, entre muitas outras. Considerado o precursor do romantismo no Brasil, era um escritor de vários estilos. Contudo, é com a trilogia indianista (O Guarani, Iracema e Ubirajara) que alcança a notoriedade.
Após abandonar a carreira política e magoado com o imperador D. Pedro II, é vítima de tuberculose e viaja para a Europa com o intuito de encontrar tratamento, porém, sem sucesso. Faleceu no Rio de Janeiro a 12 de dezembro de 1877, com 48 anos.

(ver mais)
Clássica Editora
11,90€ 10% CARTÃO
Editora Melhoramentos
6,34€ 10% CARTÃO