Estrelas de Narien - Sombras de Morte

Livro 1

de Susana Almeida

editor: Saída de Emergência, maio de 2010
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Num Império onde as avatares da Senhora da Sabedoria são tão respeitadas como o próprio Rei e os cavaleiros são admirados pela sua bravura e honra, a paz prospera nas terras do Império dos Homens.
Aheik, um jovem cavaleiro, tem sonhos que o levam para outra era, onde o seu nome é Eogan, marido da guardiã da Estrela de Narien. A Estrela de Narien é um artefacto que se julga perdido e cujo poder não tem limites. Se de facto existir e cair nas mãos erradas, poderá até destruir o mundo.
Atormentado, Aheik procura compreender significado dos sonhos.
Do outro lado do Império, Étaín, uma elfo enlouquecida pelo desejo de possuir a Estrela, cria uma aliança com o povo bárbaro das Terras da Perdição. E a partir desse a guerra ameaça todo o Império, devastado por sangrentas batalhas contra um povo mata por matar e destrói por prazer. Mas Aheik não está sozinho. O destino reserva-lhe as maiores surpresas: o amor, traição a amizade… Todo o Império depende de uns poucos heróis, e Aheik tem a sua própria cruzada pessoal.

Estrelas de Narien - Sombras de Morte

Livro 1

de Susana Almeida

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896371968
Editor: Saída de Emergência
Data de Lançamento: maio de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 155 x 216 x 32 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 430
Tipo de produto: Livro
Coleção: Teen
Classificação temática: Livros em Português > Infantis e Juvenis > Literatura Juvenil
EAN: 9789896371968
e e e e E

Emocionante e viciante!

BiancaR.Tavares

"Sombras de Morte" proporcionou-me sem dúvida uma leitura muito emocionante. É um livro prefeito para quem gosta, como eu, de leituras com bastante ritmo onde existe sempre algum acontecimento a prender a acção do leitor, agarrando-o à leitura. Todas as personagens têm personalidades diferentes tornando-as únicas e fazendo com que todas elas, à sua maneira, dêem o seu contributo ao enredo, enriquecendo-o. É fácil torcermos por umas e detestarmos outras. Gostei bastante da forma como a autora ligou os seus caminhos, passados e presentes, de uma forma que nos permite ter conhecimentos fora da linha temporal onde a narrativa se desenrola. As batalhas foram sem dúvida uma das minhas partes favoritas da história. Muito visuais, vibrantes e repletas de emoções que nos fazem sentir parte delas. Gostei das ideias da autora e tenciono sem dúvida continuar a ler esta trilogia, pois estou muito curiosa para saber como a história se vai desenrolar. Recomendo a todos aqueles que procuram uma leitura entusiasmante, uma mistura de fantasia e romance com bastante acção e emoção.

e e e e E

Repleto de acção!

Bianca Tavares

Emocionante e viciante - são os meus adjectivos para classificar este livro. "Sombras de Morte" proporcionou-me sem dúvida uma leitura muito emocionante. É um livro prefeito para quem gosta, como eu, de leituras com bastante ritmo onde existe sempre algum acontecimento a prender a acção do leitor, agarrando-o à leitura. Todas as personagens têm personalidades diferentes tornando-as únicas e fazendo com que todas elas, à sua maneira, dêem o seu contributo ao enredo, enriquecendo-o. É fácil torcermos por umas e detestarmos outras. Gostei bastante da forma como a autora ligou os seus caminhos, passados e presentes, de uma forma que nos permite ter conhecimentos fora da linha temporal onde a narrativa se desenrola. As batalhas foram sem dúvida uma das minhas partes favoritas da história. Muito visuais, vibrantes e repletas de emoções que nos fazem sentir parte delas. Gostei das ideias da autora e tenciono sem dúvida continuar a ler esta trilogia, pois estou muito curiosa para saber como a história se vai desenrolar. Recomendo a todos aqueles que procuram uma leitura entusiasmante, uma mistura de fantasia e romance com bastante acção e emoção.

e E E E E

Honestidade acima de tudo

Lauh S.

Em primeiro lugar, desejo deixar bem claro que nada tenho contra a autora, que tenho consciência que o processo de escrita é difícil, penoso e, muitas vezes, inglório, bem como as dificuldades de se ser publicado. Mas não posso deixar de olhar para o livro pelo que ele é e não pelo que desejava que fosse. "Sombras de Morte" foi, certamente, escrito pela autora quando esta era bastante nova e, provavelmente, durante o seu período de adolescência. Isso é bastante visível na linguagem muitas vezes infantil ou pela construção pouco desenvolvida da história. As personagens são muito clichés, tudo as surpreende, a linguagem é básica, repetitiva e a construção frásica é "limitada". Percebo perfeitamente que este livro seja pensado para um público mais novo mas TODO o livro é composto por fazes do género: "Ele olhou à sua volta e dirigiu-se à porta. Entrou dentro do castelo onde rapidamente encontrou os seus amigos. Sentou-se à volta da fogueira enquanto jantava. Quando foi dormir não conseguia parar de pensar no que acontecera. Pela manhã tomou um banho e suspirou enquanto pensava na sua irmã." (não, isto não é uma citação efectiva do livro, inventei, mas é esta a estrutura do livro INTEIRO). Encontrar um parágrafo com uma frase que ocupasse quatro linhas era raro. E, tudo bem, livros para leitores de uma faixa etária mais nova e tal... mas eu já li livros desses em que a estrutura frásica está bem feita. Portanto, não é da faixa etária, é da autora, mesmo. Disseram-me que a autora terá escrito isto por volta dos 16 mas, pelo que percebi, os livros foram publicados quando esta já tinha uns 20 anos. Eu perdoo que aos 16 anos uma autora não consiga fazer mais do que isto (a maturidade ajuda muito à escrita) mas tenho dificuldade em aceitar que aos 20 anos a revisão não tenha permitido mais do que isto. Além disto, toda a história é relativamente cliché e pouco surpreendente (excepto para as personagens que constantemente ficam surpreendidos com tudo...), sendo relativamente fácil compreender como elementos chave se vão desenrolar. Além disso, há uma apresentação excessiva de personagens; metade deles não são necessários e, por vezes, aparecem de forma tão frugal que os ignoramos completamente. Falta um certo foco à história, existem demasiados acontecimentos e estes acabam por ser empilhados página atrás de página. Não existe espaço para pensar ou respirar, não existe tempo, não existe pausa na escrita. No início da página estão à porta do castelo, no meio já percorreram meio reino e no fim da página já começaram a guerra. E isto acontece durante o livro TODO. Fiquei bastante surpreendida com a crítica positiva com que me cruzei quanto a estes livros (porque eu comprei os restantes e já dei uma vista de olhos e os problemas parecem manter-se); é perfeitamente possível que alguém goste dos livros, que consiga ultrapassar estes problemas (todos nós gostamos de coisas que nem sempre consideramos boas), mas só me deparei com leitores que parecem amar isto sem qualquer questão, como se efectivamente estivéssemos perante o pináculo da literatura fantástica em Portugal - e isso não é verdade. Como sempre (e porque sou masoquista...) lerei os restantes livros desta trilogia e a mais recente obra de Susana ("Adeus"), até porque sou apologista de investir na literatura em Portugal, mas dificilmente recomendaria estes livros a alguém que tivesse mais do que 12 anos e mesmo assim, se tivesse que oferecer livros a alguém dessa idade, compraria outros antes deste. Nota final para a edição e revisão do livro (e que nada tem a ver com a autora mas sim com a editora/editor/revisão/...) que está abominável. Vírgulas onde não deveria haver, pontuação em falta, palavras erradas ou com gafes. Penso (espero) que os livros seguintes (especialmente nas novas edições) já corrigiram esses elementos, mas aqui, preparem-se. Para terminar, e apesar desta crítica bastante... agressiva, quero apenas deixar a nota (caso, sei lá, a autora por alguma vez aqui passe e veja isto) que este livro tem imenso potencial o que demonstra a capacidade da autora enquanto criativa. Irei dar chances aos seus próximos livros, sempre que possível, precisamente porque acredito que a crítica é a única coisa que poderá ajudar os autores a crescer e a melhorar a sua escrita.

e e e e E

Sombras de Morte

Petra

"Sombras de Morte" é o primeiro volume da trilogia "Estrela de Nariën" que nos introduz num mundo de fantasia épica onde seguiremos uma história central: O regresso de um objecto muito ambicionado assim, como várias histórias paralelas entre os personagens que vamos conhecendo ao longo da leitura. Inicialmente a história pode tornar-se um pouco dificil de seguir devido às muitas personagens que nos vão sendo apresentadas por "núcleos" e aos seus nomes mais incomuns, mas se lermos com alguma atenção, a forma como nos são apresentados é uma grande ajuda para que vamos assimilando quem é quem. Gostei bastante da forma como ao longo das páginas vemos os caminhos das personagens interligarem-se e desenvolverem-se vários sentimentos entre elas. Neste mundo, além dos cavaleiros, temos as avatares de Nith Haiah (a Senhora da Sabedoria)e as suas aprendizas e ainda Elfos, mas não elfos tipicamente bons, não, neste livro a vilã da história é uma Elfo que, por vezes, é mesmo impiedosa e manipuladora não se importando em passar por cima de quem quer que seja para atingir os seus objectivos. Temos ainda a presença de um povo bárbaro capaz de actos selvagens apenas por prazer. Gostei bastante de ir acompanhando a jornada conjunta e individual de cada uma das personagens e de simpatizar e torcer por algumas e detestar outras. As cenas de batalhas conseguiram transmitir-me a ansiedade, o medo e a angustia, senti-me como se estivesse a vivenciar o que lia e isso é muito, muito bom. Tanto as batalhas como o romance presente no livro estão muito bem interligados e o livro está bem estruturado, não tendo pontos mortos. Talvez os primeiros capítulos possam parecer um pouco chatos para algumas pessoas, mas digo a quem ler que não desistam porque quanto mais avançamos mais agarrados vamos ficando a esta história. Absolutamente recomendado a fã do género!

Susana Almeida

Susana Almeida nasceu em Faro em 1984. O seu gosto pela leitura iniciou-se bastante cedo e rapidamente os livros ganharam um espaço essencial na sua vida. Aos dezassete anos escreveu a sua primeira historieta, apercebendo-se então da sua paixão pela escrita. Apesar de apreciar ler os mais variados géneros literários, no que toca à escrita prefere os géneros de fantasia e romance. É autora da trilogia Estrela de Narién, uma mistura entre fantasia e romance vencedora na categoria 'O Melhor Livro que Li', pelo Clube de Leituras e Fãs do Fantástico e do Romance Renascer das Chamas.

(ver mais)
Adeus

Adeus

10%
Individual
15,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Estrela de Narien -  Livro III

Estrela de Narien - Livro III

10%
Saída de Emergência
5,00€ 10% CARTÃO
O Círculo de Pedra

O Círculo de Pedra

10%
Quidnovi
5,00€ 10% CARTÃO
O Fado da Sombra

O Fado da Sombra

10%
Editorial Presença
20,90€ 10% CARTÃO
portes grátis