Está a Brincar, Sr. Feynman!

Retrato de um Físico Enquanto Homem

Livro 1

de Richard P. Feynman

editor: Gradiva, abril de 1998
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Os homens de ciência, quando começam a preocupar-se em escrever as suas memórias, são por natureza solenes e aborrecidos. Corn Feynman, dá-se o contrário: o Prémio Nobel da Física que recebeu em 1965 não alterou em nada os seus hábitos de farsante impenitente e inocente. A sua vida tem sido uma série de combinações de acontecimentos improváveis tornados possíveis apenas pela deliciosa mistura que há em si de grande inteligência, curiosidade sem limites, cepticismo eterno e espírito de aventura.
Rebelde e sonhador, incapaz de render-se à disciplina ou de andar a par e passo com os demais, Richard Feynman é talvez o único homem que, ao longo da sua vida, resolveu o mistério do helium líquido, arrombou muitos dos mais "seguros" cofres de Los Alamos durante a construção da bomba atómica, estudou a velocidade de rotação do prato, acompanhou um espectáculo de bailado na percussão, explicou a Física a génios como Einstein, foi considerado deficiente mental por um psiquiatra das Forças Armadas americanas e recebeu o Prémio Nobel da Academia Sueca.
Ralph Leighton, um jovem com quem toca bateria nas horas livres, gravou ao longo de muitos anos as conversas com o cientista, agora reunidas neste livro divertido onde a ciências, o burlesco e a poesia fazem um excelente trabalho.

Está a Brincar, Sr. Feynman!

Retrato de um Físico Enquanto Homem

de Richard P. Feynman

Propriedade Descrição
ISBN: 9789726620389
Editor: Gradiva
Data de Lançamento: abril de 1998
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 230 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 328
Tipo de produto: Livro
Coleção: Ciência Aberta
Classificação temática: Livros em Português > Ciências Exatas e Naturais > Física
EAN: 9789726620389
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Richard P. Feynman

O norte-americano Richard Feynman (1918-1988) é um dos maiores físicos do século XX. Recebeu o Prémio Nobel de Física de 1965 pela sua teoria da Eletrodinâmica Quântica (QED), a teoria quântica dos eletrões e dos fotões. Formado pelo MIT, depois de ter participado no projeto Manhattan, foi professor da Universidade Cornell e do Caltech (California Institute of Technology). Em 1986, foi membro da Comissão Rogers que investigou o desastre do vaivém espacial Challenger da NASA, tendo descoberto a origem da falha. Nas universidades de todo o mundo são famosas as Feynman Lectures on Physics. É autor dos seguintes livros publicados pela Gradiva, com sucessivas reedições: Está a Brincar, Sr. Feynman! (1988), QED – A estranha teoria da luz e da matéria (1988), Nem sempre a brincar, Sr. Feynman (1989), O Significado de Tudo (2000) e O Prazer da Descoberta (2006). Além do Nobel, Feynman ganhou a medalha Albert Einstein (1954) e a Medalha Nacional de Ciência (1979), entre outros prémios.

(ver mais)