Dona Amélia

A Rainha exilada que deixou o seu coração em Portugal

de Isabel Stilwell

editor: A Esfera dos Livros, março de 2010
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Uma rainha não foge, não vira costas ao seu destino, ao seu país. D. Amélia de Orleãs e Bragança era uma mulher marcada pela tragédia quando embarcou, em Outubro de 1910, na Ericeira rumo ao exílio. Essa palavra maldita que tinha marcado a sua família e a sua infância. O povo acolheu-a com vivas, anos antes, quando chegou a Lisboa. Admirou a sua beleza, comentou como era alta e ficou encantado com o casamento de amor a que assistiu na Igreja de São Domingos. A princesa sentia-se uma mulher feliz. Mas cedo começou a sentir o peso da tragédia. O povo que a aclamou agora criticava os seus gestos, mesmo quando eram em prol dos mais desfavorecidos. O marido, aos poucos, afastava-se do seu coração, descobriu-lhe traições e fraquezas e nem o amor dos seus dois filhos conseguiu mitigar a dor. Nos dias mais tristes passava os dedos pelo colar de pérolas que D. Carlos lhe oferecera, 671 pérolas, cada uma símbolo dos momentos felizes que teimava em não esquecer.  Isabel Stilwell, autora best-seller de romances históricos, traz-nos a história da última rainha de Portugal. D. Amélia viveu durante 24 anos num país que amou como seu, apesar de nele ter deixado enterrados uma filha prematura que morreu à nascença, o seu primogénito D. Luís Filipe, herdeiro do trono, e o marido D. Carlos assassinados ao pleno Terreiro do Paço a tiro de carabina e pistola. De nada lhe valeu o ramo de rosas que tinha na mão e com o qual tentou afastar o assassino. Outras mortes a perseguiriam...  D. Amélia regressou em 1945 a convite de António de Oliveira Salazar com quem mantinha correspondência e por quem tinha uma declarada admiração. Morreu seis anos depois em França, seu país natal, na cama que Columbano havia pintado para ela. Na cabeceira estavam desenhadas as armas dos Bragança.

Dona Amélia

A Rainha exilada que deixou o seu coração em Portugal

de Isabel Stilwell

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896262075
Editor: A Esfera dos Livros
Data de Lançamento: março de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 164 x 235 x 30 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 672
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789896262075
e e e e e

Rainha D. Amélia

Liliana Cardeira

Esta obra leva-nos a conhecer a jovem Amélia que vivia rodeada da família sempre com a sua bata vestida. Ao casar com o futuro Rei Português acreditou no amor e entregou-se de corpo e alma ao serviço da Nação. Infelizmente o amor não era uma coisa que podia esperar da parte do marido gastador. Para agravar a situação teve a infelicidade de perder o seu bem amado filho e o seu marido no mesmo dia. Pode-se observar ao longo da obra a força que esta rainha portuguesa teve do início ao fim.

e e e e e

Uma história na nossa História

Joana Rosado Coelho

Grande personagem da nossa história e um óptimo livro! Gostei!

e e e e e

Soberbo!

Filipa Isabel Martinho Borralho

O título do comentário fala por si.

e e e e e

Boa escolha

Eduardo Manuel Rodrigues Alves

Correspondeu ao que esperava .

Isabel Stilwell

Isabel Stilwell é jornalista e escritora. A sua grande paixão por romances históricos revelou-se em 2007, com o bestseller D. Filipa de Lencastre, a que se seguiram D. Catarina de Bragança, ambos traduzidos para inglês, e D. Amélia, sempre com crescente sucesso.
Em abril de 2012, foi a vez de publicar D. Maria II, que mereceu uma edição especial para o mercado brasileiro. Em outubro de 2013 lançou Ínclita Geração – Isabel de Borgonha, em 2015, a história da mãe do primeiro rei de Portugal, D. Teresa e em 2017 um romance sobre a vida da Rainha Santa, Isabel de Aragão, eleito o 2º melhor livro de ficção, no Prémio Livro do Ano Bertrand.
Desde o Diário de Notícias, onde começou aos 21 anos, que contribui de forma essencial para o jornalismo português. Fundou e dirigiu a revista Pais & Filhos, foi diretora da revista Notícias Magazine durante 13 anos e diretora do jornal Destak até ao final do ano de 2012, entre muitos outros projetos. Atualmente escreve para a revista Máxima, tendo uma das suas peças sobre a adoção em Portugal («Não amam nem deixam amar», em conjunto com a jornalista Carla Marina Mendes) sido distinguida com o 1º Prémio de Jornalismo «Os Direitos da Criança em Notícia». Continua a colaborar mensalmente com a revista Pais e com o Jornal de Negócios, quando não está a escrever, vira diariamente os «Dias do Avesso» em conversa com Eduardo Sá, na Antena 1.

(ver mais)
Leonor Teles

Leonor Teles

Pré-lançamento
10%
Planeta
20,61€ 22,90€
portes grátis
Filipe I de Portugal - O Rei Maldito

Filipe I de Portugal - O Rei Maldito

10%
Planeta
20,61€ 22,90€
portes grátis
D. Estefânia - Um Trágico Amor

D. Estefânia - Um Trágico Amor

10%
A Esfera dos Livros
21,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Marquesa de Alorna

Marquesa de Alorna

10%
Oficina do Livro
20,90€ 10% CARTÃO
portes grátis