Ganhe até 10€

Diplomacia para Principiantes

Como aprendi tudo sobre facadas nas costas nos meandros do poder

de Michael Soussan

editor: IN, maio de 2017
O livro do ano para o Wall Street Journal
GANHE ATÉ 10€ i VENDA O SEU LIVRO i
O maior escândalo de corrupção da história da ONU, contado na primeira pessoa.
Estamos em 1997 e Michael Soussan, um jovem recém-licenciado, aceita um emprego no Programa Petróleo-por-comida das Nações Unidas, a maior operação humanitária na história desta organização. A sua missão é ajudar cidadãos iraquianos a sobreviver ao impacto devastador das sanções económicas impostas após a invasão do Kuwait em 1990, mas nem tudo é o que parece...

Baseado numa história verídica, é uma crítica pungente à hipocrisia que prevalece no cerne de uma das instituições mais idealistas do mundo

«Complexo e interessante.»
Forbes

Diplomacia para Principiantes

Como aprendi tudo sobre facadas nas costas nos meandros do poder

de Michael Soussan

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896489236
Editor: IN
Data de Lançamento: maio de 2017
Idioma: Português
Dimensões: 152 x 237 x 28 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 448
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Política > Política Internacional
EAN: 9789896489236
e e e E E

É ok

Ana Silva

O tipo de escrita torna o livro um tanto cansativo. É, no entanto, informativo.

e e e e E

Review

Carla Simões

Este livro conta com a experiência do autor enquanto um jovem de 24 anos que entra nas Nações Unidas e expõe a corrupção do programa oil-for-food considerado por muitos um dos maiores escândalos da ONU. Uma leitura envolvente e de fácil compreensão que revela os bastidores do que é trabalhar para uma organização intergovernamental. Longe de ser um manual explicativo, aconselho a todos os que tenham interesse por questões relativas a diplomacia internacional, é um excelente ponto de partida.

Michael Soussan

Soussan nasceu dinamarquês e aos 24 anos já trabalhava na Nações Unidas. Detém um mestrado em relações internacionais pelo Institut d'études Poilitiques de Paris e um diploma em realização cinematográfica pela New York University. Depois de deixar o mundo da diplomacia na primeira pessoa, tornou-se escritor, produtor, professor universitário e editor do «Brown Journal of World Affairs».

Escreve sobre a atualidade enquanto observador independente para diversos e conceituados jornais de vários países, como o New York Times. o International Herald Tribune, o Irish Times, New York Post, a CNN Online, a Fox News, o Wall Street Journal, entre outros.

(ver mais)