De Mãos Dadas com a Perfeição

de Sofia Bragança Buchholz

editor: Editorial Presença, abril de 2003
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Um romance que retrata o acompanhar da lenta e sensual descoberta do mundo e da intimidade do outro. Um belo livro que narra a história de uma paixão vivida em paridade, feita de desejo, compreensão e ternura. Uma narrativa actual feito de acasos – mas existirão acasos entre um homem e uma mulher? Aliado à desenvoltura e ao ritmo que acompanham o tema, Sofia Bragança Buchholz, demonstra uma excepcional capacidade de caracterizar as situações e as personagens, que juntamente com o cariz divertido do seu modo de contar, resultam em peculiaridades que nos cativam e que servem na perfeição os seus objectivos.

De Mãos Dadas com a Perfeição

de Sofia Bragança Buchholz

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722330039
Editor: Editorial Presença
Data de Lançamento: abril de 2003
Idioma: Português
Dimensões: 148 x 229 x 11 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 192
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789722330039
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e E

A história de muita gente, uma visão real de como o amor é por vezes o que nos torna fracos e fortes.

Ana

Li o livro tão rápido que nem dei pelo tempo passar. Não conseguindo parar de virar a página e perceber o que aconteceria com a personagem, embora não seja fácil gostar da sua falta de amor próprio. Confesso que o realismo do final me desiludiu, mas porque entrei nesta leitura com a ideia e vontade de um final feliz. Recomendo, é uma leitura rápida e muito agradável.

e e e e e

Uma surpresa

Carlos Lopes

Li esta obra em dois momentos de leitura. À partida, "não tem nada" que leva a que goste tanto dela, como o que se veio a verificar. A autora tem uma escrita leve, escorreita, linear e "pouco poética". Isto - para mim que gosto de obras que me "desafiem" em termos linguísticos, que me deêm luta na leitura, que me deixem extasiado em termos poéticos - seria à partida um GRANDE senão para a leitura da obra. No entanto, a autora trabalhou com mestria, alguns aspectos fundamentais: Em primeiro lugar, a introdução da obra. De seguida a forma gradual e progressiva como foi integrando as personagens. E por fim, sem grandes rebates psicológicos ou filosóficos, foi explorando a individualidade das personagens principais, em simultâneo com o desfecho da situação, ao ponto de ter conseguido tornar esta obra, uma autêntica (para mim) "page turner". Foi isso que aconteceu comigo. Fui lendo e lendo, ao ponto de querer sempre ler mais, quase não me apetecer parar, apenas para descobrir como iria ser o desfecho da situação. No final, ficou um "amargo de boca". Um querer mais. Tem um desfecho sem fim e eu GOSTO disso! E assim, sem saber muito bem explicar porquê, pois foge do "tipo de obra" que à partida me atrai, esta foi uma das obras que me deu MUITO prazer ler. Parabéns à autora!

e e e e e

"PERFEITO"

Rui Almeida

O livro de Sofia cativou-me logo a começar pelo titulo, "Perfeição", que eu acho não existir mas sim que cada um a cria a sua própria imagem... Adorei a História, muito cativante, deixando sempre uma grande curiosidade em saber o seu desenlace... Depois o cenário não poderia ser o melhor, o Porto, e principalmente o Molhe, que tem para mim um significado muito especial.... De leitura muito agradável, uma linguagem muito “jovem”… O “emaranhado” de Historias passadas para nos poder conduzir ao Presente... A relação tão próxima de todas as personagens, interligadas pelos laços da amizade e profissão… As inconfidências… Resumindo ADOREI…

e e e e e

uma lição

Luísa Borges

viver... é o que este livro me diz... olho para ele e lembro-me sempre do que aprendi em todas aquelas linhas... esta narrativa tem uma história que nos deixa entrar... e imaginar que somos nós... sem dúvida que a autora conseguiu fazer a junção daquilo que ela mesmo conseguiu "retirar" do mundo... uma análise profunda sobre a relação homem e mulher... uma análise profunda sobre a vida e os seus caminhos que nem sempre são os mais correctos que nos levam à felicidade, à realização... PARABÉNS SOFIA!

e e e e e

Parabéns à Sofia Buchholz

Susana Alexandra Job Pinto

Este livro relata um romance entre duas personagens extremamente simples com características muito comuns. A autora desenrola a história de uma forma surpreendente que cativa o leitor (pelo menos a mim) do ínicio ao fim.

Sofia Bragança Buchholz

Sofia Bragança Buchholz nasceu no Porto. Apesar de ter enveredado pela área da Economia, especializando-se em Marketing, o seu gosto pelas «Letras» é paixão antiga. Costuma dizer, por graça, que, se pudesse «pedir» uma palavra, ela seria «abcdefghijklmnopqrstuvwxyz», a única capaz de criar todas as outras. Desde a publicação do seu primeiro livro De Mãos dadas com a Perfeição, em 2003, pela Presença, que Sofia Bragança Buchholz se dedica à Escrita e à Comunicação. É formadora de Escrita Criativa e Criatividade. É ainda responsável por workshops de Escrita Criativa dirigidos a crianças. É cronista na imprensa escrita e online e tem um blogue onde desenvolve personagens e treina formas de escrita, o "E as Fadas… também se enganam no Caminho?". Escreve, ainda, sobre política, cultura e atualidade no "31 da Armada", um dos blogues coletivos mais lidos a nível nacional.

(ver mais)
Não Contemos ao Dia os Segredos da Noite

Não Contemos ao Dia os Segredos da Noite

10%
Publicações Europa-América
12,90€ 10% CARTÃO
Ventos de Guerra e de Amor

Ventos de Guerra e de Amor

10%
Plenty Books
9,95€ 10% CARTÃO