Cristovam Colón

de Fernando Abecassis

editor: Prefácio, maio de 2010
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Este livro não é uma tese sobre Cristovam Colón. Mas é um livro sobre Cristovam Colón, extremamente crítico do navegador a quem a história tratou, provavelmente, demasiado bem. Cristovam Colón, não era, e não surge da história, como um personagem simpático. Sobretudo se visto de Portugal, pois é patente o seu ódio a D. João II e aos portugueses. Cristovam Colón não era um homem bom. Era um mau carácter, corrupto, ganancioso, violento, cruel, desonesto e fanfarrão. Era de uma rapacidade doentia e de uma ganância sem limites, tendo tido comportamentos indignos de qualquer homem, quanto mais de um que se queria vice-rei e almirante do mar Oceano. Cristovam Colón era vítima de uma grande instabilidade psíquica, com largos períodos de prostração que alternavam com crises de euforia e de imaginação delirante e que, senhor de uma personalidade violenta e apaixonada se via perante um lento escorregar para a loucura. Estamos convencidos que Cristovam Colón morreu louco. Mas Cristovam Colón era um bom marinheiro, um esplêndido navegador, culto, erudito e instruído nas coisas do mar. E duma enorme resistência física. Neste trabalho usamos sempre a forma Colón porque era assim que Cristovam Colón teria querido que se fizesse, que nunca Colombo.

Cristovam Colón

de Fernando Abecassis

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896520687
Editor: Prefácio
Data de Lançamento: maio de 2010
Idioma: Português
Dimensões: 151 x 230 x 11 mm
Encadernação: Capa mole
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > História > História em Geral
EAN: 9789896520687