Contra a Regionalização

de Alfredo Barroso

editor: Gradiva, abril de 1998
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
A proposta de divisão do território continental em regiões político-administrativas é puramente artificial. Não corresponde a qualquer necessidade de autonomia política, económica e cultural manifestada pelas populações. Não tem qualquer justificação histórica. Não se fundamenta em diferenças nitidamente caracterizadas de natureza geográfica, étnica ou religiosa. Portugal é constituído por um só povo, que fala uma só língua. Não está dividido por quaisquer conflitos étnicos ou religiosos. Não tem qualquer tradição de administração regional. Tem, isso sim, uma fortíssima tradição municipalista, que é secular e anterior à própria nacionalidade. A regionalização é uma pura ficção política. É uma péssima solução artificial para um problema que nem sequer existia. Se fosse avante, provocaria uma perigosa dinâmica de fragmentação do Estado. Transformaria Portugal numa autêntica manta de retalhos, dilacerando a coesão do país e diminuindo o seu peso específico, quer na Europa, quer no mundo.

Contra a Regionalização

de Alfredo Barroso

Propriedade Descrição
ISBN: 9789726626367
Editor: Gradiva
Data de Lançamento: abril de 1998
Idioma: Português
Dimensões: 112 x 180 x 4 mm
Páginas: 64
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Política > Política em Geral
EAN: 9789726626367
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Alfredo Barroso

Alfredo José Somera Simões Barroso nasceu em Roma em 21 de Janeiro de 1945. Licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Lisboa (1968). Dirigente das Associações de Estudantes. Colaborador da revista O Tempo e o Modo (1968-1969) e jornalista profissional, redactor dos jornais A Capital e O Século (1969-1974).
Membro fundador do Partido Socialista (1973). Deputado à Assembleia da República (1980-1983), secretário de Estado da Presidência do Conselho de Ministros do IX Governo Constitucional (1983-1985) e chefe da Casa Civil do Presidente da República Mário Soares (1986-1996). Administrador da Fundação de São Carlos (TNSC) entre 1996 e 1998. Membro da Comissão Organizadora do Congresso Democrático das Alternativas (2012-2013). Desfiliou-se do Partido Socialista em Fevereiro de 2015.
Publicou vários livros em que reuniu textos políticos, crónicas, diários, ensaios e retratos. Nos últimos 30 anos, foi colunista dos jornais Diário de Notícias e Record e dos semanários O Independente e Expresso, além de ter centenas de textos publicados em mais de uma dezena de jornais e revistas. É actualmente colunista do Jornal i. Participou durante mais de oito anos no programa de debate político Frente-a-Frente da SIC Notícias.

(ver mais)
A Crise da Esquerda Europeia

A Crise da Esquerda Europeia

10%
Dom Quixote
12,50€ 10% CARTÃO
Corações de Pedra

Corações de Pedra

10%
Porto Editora
15,50€ 10% CARTÃO
portes grátis