Boa É a Neve que em Seu Tempo Vem

de João Mendes Ramos

editor: Althum.com
À porta do estúdio fotográfico, o senhor Augusto retrata os passantes, na ilusão de poder captar, nos seus rostos, segredos e mistérios de vida e na esperança de poder satisfazer os seus pedidos mais extravagantes e libertadores: "Assim mesmo toda molhada!" porque foi nesta chuva fria que afoguei as mágoas que me consumiam no presente e enegreciam o futuro "Quiero una fotografía en colores, Don Augusto!" porque tudo é cinzento nesta prisão e as privações e humilhações diárias fazem com que apenas sobreviva o pior que há em nós "Os dois nus!" porque é chegado o tempo de dar carta de alforria ao desejo e de erotizar a timidez.

Na sua simbólica apresentação de A a Z, as mulheres que dão a cara nestes retratos são capazes de amar, odiar e desafiar, em lides contra a humilhação e a discriminação, protagonizando narrativas entretecidas em alegorias, inspiradas nos olhares, gestos, momentos e esgares captados pelas objetivas do senhor Augusto.

Boa É a Neve que em Seu Tempo Vem

de João Mendes Ramos

ISBN: 9789896831233
Editor: Althum.com
Idioma: Português
Dimensões: 161 x 229 x 14 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 308
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789896831233
João Mendes Ramos

Nasceu em Nelas…, (vila à beira da serra da Estrela, onde os partos ocorriam indiferentemente em casa e no campo, sem dia aprazado nem hora marcada). Numa ala da escola primária feminina…, (residência da professora, sua mãe, na qual, entre as alunas das quatro classes que lecionava, em simultâneo, aprendeu a ler, a escrever e a resolver problemas com torneiras e comboios). Cinco anos após o fim da 2ª guerra mundial, (num tempo em que as pessoas cresciam a xaropadas de óleo de fígado de bacalhau, sem chupetas, fraldas descartáveis, telemóveis, internet e sorteios promovidos pelo fisco). Estudou em Coimbra…, (cidade onde se licenciou em Direito, praticou canto e artes plásticas e tomou consciência da necessidade de lutar pela paz e pela liberdade) Mudou-se para Lisboa…, (quando a esperança renascia nas ruas e, entre presidentes, deputados, ministros, juízes e burocratas, advogou, assessorou, defendeu teses, elaborou pareceres e powerpoints, recebeu louvores e comenda). Vive atualmente entre Lisboa e Sesimbra, (onde, aposentado e sem jeito para a nobre arte da pesca, se dedica ao cultivo de hortaliças, ao ténis, à leitura e à escrita).

(ver mais)
Edições Fenix
13,00€ 10% CARTÃO
Althum.com
18,00€ 10% CARTÃO
portes grátis