Avenida de Roma, Duas da Tarde

Crónicas a imitar dos dias

de Jaime Roriz

editor: Editorial Minerva de Lisboa, dezembro de 2005
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Neste seu primeiro livro Jaime Roriz revela-nos muito a sua intimidade intelectual.
Pessoa com amor pelas coisas belas luta diariamente por elas nos seus actos e pensamentos.
Administrador de sistemas de profissão, e poeta de coração, é um exigente consigo no intuito de se superar.
Estudante de direito (3.º ano) mesmo sabendo como este está torto.
Como ele diz “Não é começar de novo que é difícil. Acabar de novo é que é”.

Organizado sob a forma de crónicas do quotidiano, cheio de referências culturais próprias de uma geração urbana e cosmopolita (Lisboa, Coimbra, Paris, Roma, a citação inicial de Paul Éluard, depois Mozart, Fernando Pessoa, José Gomes Ferreira, César Monteiro, entre outros), poderemos dizer que este texto reflecte as principais preocupações dessa geração.

Avenida de Roma, Duas da Tarde

Crónicas a imitar dos dias

de Jaime Roriz

Propriedade Descrição
ISBN: 9789725916605
Editor: Editorial Minerva de Lisboa
Data de Lançamento: dezembro de 2005
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 230 x 20 mm
Páginas: 96
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Memórias e Testemunhos
EAN: 9789725916605
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável