Wook.pt - As Calças de Pitágoras

As Calças de Pitágoras

Deus, a Física e a Guerra dos Sexos

de Margaret Wertheim 

18,17€
20%
Portes
Grátis
em stock
20% de desconto em CARTÃO
Em stock - Envio imediato
portes grátis
Sinopse

"A física é a Igreja Católica da ciência".

Por que razão há tantos livros sobre física com a palavra "Deus" no título? Contestando a ideia comum de que a religião e a ciência são velhos inimigos, a historiadora australiana Margaret Wertheim argumenta em As Calças de Pitágoras que a física moderna, mau grado a sua aparente objectividade, sempre foi de facto uma actividade de inspiração religiosa - uma ciência baseada na concepção de Deus como Criador matemático divino.
Procedendo a uma revisão feminista da história da física no Ocidente - da sua incepção nos números transcendentes de Pitágoras à actual obsessão dos seus praticantes com as "Teorias de Tudo" -, Wertheim mostra como esta disciplina que transformou o mundo tem sido até hoje um feudo de homens professando variantes de fé no monoteísmo cristão, os quais criaram em redor da física uma cultura patriarcal que ao longo dos séculos impediu as mulheres de participarem no desenvolvimento científico.
Sendo a física finalmente responsável pela visão que temos do universo e do lugar que ocupamos nele, é urgente, defende Margaret Wertheim em As Calças de Pitágoras, que o Homem Matemático abdique de um dos derradeiros redutos da misoginia na sociedade ocidental e abrace a parceria da Mulher Matemática.

Excertos

O eixo central do misticismo pitagórico - matemática, masculinidade e transcendência psíquica - teve também um impacto profundo na cultura da física ocidental. Porque a matemática era encarada como o estudo do reino transcendente dos deuses, assim a demanda das relações matemáticas no mundo físico veio também a ser encarada como uma actividade transcendente - uma demanda daquela parte da natureza que era eterna, imutável e incorruptível. Uma demanda de alguma parte da natureza que estava, de facto, para além da natureza.
(...)
O destino de Maria Winkelmann é simbólico do destino colectivo das mulheres na astronomia. Apesar da sua falta de acesso à educação superior, as mulheres rapidamente encontraram maneiras de participar na nova ciência, mas, à medida que o campo se institucionalizava, viam-se barradas das posições oficiais e de participação formal na comunidade. Desde que as mulheres astrónomas ficassem em casa, ajudando os parentes masculinos, a sua presença era tolerada, e mesmo bem-vinda - pois podiam ser usadas para executar o trabalho de cálculo, meticuloso mas rotineiro, que é essencial para grande parte da astronomia.
(...)
À semelhança dos mecanistas franceses mais cedo no século, os novos líderes da ciência inglesa estavam ansiosos por se distanciar de tudo quanto pudesse ser interpretado como herético - incluindo as mulheres. Walter Charleton, outro membro fundador da Royal Society, resumiu muita da antipatia que os seus colegas sentiam pelas mulheres quando escreveu, "vós sois as verdadeiras Hienas, que nos fascinais com a alvura das vossas peles (...) vós sois os traidores à sabedoria: o impedimento à indústria (...) as obstruções à virtude, e os engodos que nos levam a todos ao Vício, à Impiedade e à ruína".
(...)
Bem como colocar a sua ciência ao serviço da teologia, Newton permitiu que a sua teologia influenciasse a sua ciência. Mais importante, argumentou que o espaço deve ser absoluto pois era sinónimo da presença de um Deus absoluto. Para ele, o espaço (e o tempo) absolutos tornaram-se axiomas metafísicos. Esta concepção teologicamente inspirada do espaço (e do tempo) tornar-se-ia rapidamente um dos pilares da física moderna, e muito depois dos físicos terem deixado de associar o espaço a Deus, eles retiveram uma insistência newtoniana num referencial absoluto para a realidade.
(...)
O reacender por Einstein de uma atitude semi-religiosa para com a física teve também profundas consequências para as mulheres. Exactamente quando as mulheres estavam finalmente a irromper nas ciências, esta atitude conferiu renovado vigor à velha crença do cientista matemático como uma espécie de sumo-sacerdote. Esse ponto de vista, sugiro, tem continuado a militar contra o avanço das mulheres nesse campo ao longo de todo o século XX, pois a física mantém-se a ciência natural em que a participação das mulheres é de longe mais baixa.
(...)
Ironicamente, foi o próprio Hawking quem sugeriu que a sua cosmologia relativista-quântica podia obviar a necessidade de um Criador. Mas ele parece querer ganhar de ambas as maneiras - ao mesmo tempo empurrando Deus completamente para fora do universo e invocando-o enquanto subtexto constante da sua obra. A partir de Uma Breve História do Tempo, não é de todo claro se Hawking acredita genuinamente num deus, ou está apenas a entregar-se a um auto-engrandecimento. Ao contrário de Copérnico, Kepler e Newton (e mesmo de Einstein, à sua maneira), Hawking não é um pensador teológico sério - pelo menos não o é na sua obra publicada. Todavia, quaisquer que sejam os verdadeiros sentimentos de Hawking sobre Deus, muitas pessoas vieram a vê-lo como um sumo-sacerdote científico, o herdeiro do manto de Einstein.
(...)
Os filósofos da ciência indicaram que a hierarquia de fundamentalidade subscrita pelos físicos não está inscrita na natureza, sendo antes uma construção social. Embora os físicos garantam amiúde que a sua ciência descobre conhecimento puramente objectivo do mundo, a noção de objectividade pura é um mito. A ciência é feita por pessoas subjectivas, não por uma entidade objectiva, e todas as pessoas funcionam num milieu cultural que colore de forma inelutável o seu pensamento. Simplesmente não existe tal coisa como ciência culturalmente neutra.
(...)
Desejo argumentar, porém, que as relações matemáticas que descobrimos na natureza não estão para lá da natureza, sendo apenas outra faceta da natureza. Ao invés de terem uma existência separada à parte da natureza ou antedatando-a, estas relações, acredito, devem ser encaradas como qualquer outra descoberta científica. Quando, por exemplo, os biólogos descobrem o processo através do qual um óvulo fertilizado se torna uma criança, não concluimos que o plano de uma criança humana existia na mente de Deus antes da criação do universo.
(...)

O eixo central do misticismo pitagórico - matemática, masculinidade e transcendência psíquica - teve também um impacto profundo na cultura da física ocidental. Porque a matemática era encarada como o estudo do reino transcendente dos deuses, assim a demanda das relações matemáticas no mundo físico veio também a ser encarada como uma actividade transcendente - uma demanda daquela parte da natureza que era eterna, imutável e incorruptível. Uma demanda de alguma parte da natureza que estava, de facto, para além da natureza.
(...)
O destino de Maria Winkelmann é simbólico do destino colectivo das mulheres na astronomia. Apesar da sua falta de acesso à educação superior, as mulheres rapidamente encontraram maneiras de participar na nova ciência, mas, à medida que o campo se institucionalizava, viam-se barradas das posições oficiais e de participação formal na comunidade. Desde que as mulheres astrónomas ficassem em casa, ajudando os parentes masculinos, a sua presença era tolerada, e mesmo bem-vinda - pois podiam ser usadas para executar o trabalho de cálculo, meticuloso mas rotineiro, que é essencial para grande parte da astronomia.
(...)
À semelhança dos mecanistas franceses mais cedo no século, os novos líderes da ciência inglesa estavam ansiosos por se distanciar de tudo quanto pudesse ser interpretado como herético - incluindo as mulheres. Walter Charleton, outro membro fundador da Royal Society, resumiu muita da antipatia que os seus colegas sentiam pelas mulheres quando escreveu, "vós sois as verdadeiras Hienas, que nos fascinais com a alvura das vossas peles (...) vós sois os traidores à sabedoria: o impedimento à indústria (...) as obstruções à virtude, e os engodos que nos levam a todos ao Vício, à Impiedade e à ruína".
(...)
Bem como colocar a sua ciência ao serviço da teologia, Newton permitiu que a sua teologia influenciasse a sua ciência. Mais importante, argumentou que o espaço deve ser absoluto pois era sinónimo da presença de um Deus absoluto. Para ele, o espaço (e o tempo) absolutos tornaram-se axiomas metafísicos. Esta concepção teologicamente inspirada do espaço (e do tempo) tornar-se-ia rapidamente um dos pilares da física moderna, e muito depois dos físicos terem deixado de associar o espaço a Deus, eles retiveram uma insistência newtoniana num referencial absoluto para a realidade.
(...)
O reacender por Einstein de uma atitude semi-religiosa para com a física teve também profundas consequências para as mulheres. Exactamente quando as mulheres estavam finalmente a irromper nas ciências, esta atitude conferiu renovado vigor à velha crença do cientista matemático como uma espécie de sumo-sacerdote. Esse ponto de vista, sugiro, tem continuado a militar contra o avanço das mulheres nesse campo ao longo de todo o século XX, pois a física mantém-se a ciência natural em que a participação das mulheres é de longe mais baixa.
(...)
Ironicamente, foi o próprio Hawking quem sugeriu que a sua cosmologia relativista-quântica podia obviar a necessidade de um Criador. Mas ele parece querer ganhar de ambas as maneiras - ao mesmo tempo empurrando Deus completamente para fora do universo e invocando-o enquanto subtexto constante da sua obra. A partir de Uma Breve História do Tempo, não é de todo claro se Hawking acredita genuinamente num deus, ou está apenas a entregar-se a um auto-engrandecimento. Ao contrário de Copérnico, Kepler e Newton (e mesmo de Einstein, à sua maneira), Hawking não é um pensador teológico sério - pelo menos não o é na sua obra publicada. Todavia, quaisquer que sejam os verdadeiros sentimentos de Hawking sobre Deus, muitas pessoas vieram a vê-lo como um sumo-sacerdote científico, o herdeiro do manto de Einstein.
(...)
Os filósofos da ciência indicaram que a hierarquia de fundamentalidade subscrita pelos físicos não está inscrita na natureza, sendo antes uma construção social. Embora os físicos garantam amiúde que a sua ciência descobre conhecimento puramente objectivo do mundo, a noção de objectividade pura é um mito. A ciência é feita por pessoas subjectivas, não por uma entidade objectiva, e todas as pessoas funcionam num milieu cultural que colore de forma inelutável o seu pensamento. Simplesmente não existe tal coisa como ciência culturalmente neutra.
(...)
Desejo argumentar, porém, que as relações matemáticas que descobrimos na natureza não estão para lá da natureza, sendo apenas outra faceta da natureza. Ao invés de terem uma existência separada à parte da natureza ou antedatando-a, estas relações, acredito, devem ser encaradas como qualquer outra descoberta científica. Quando, por exemplo, os biólogos descobrem o processo através do qual um óvulo fertilizado se torna uma criança, não concluimos que o plano de uma criança humana existia na mente de Deus antes da criação do universo.
(...)

As Calças de Pitágoras
ISBN: 9789729360206Edição ou reimpressão: Editor: Via OptimaIdioma: PortuguêsDimensões: 141 x 209 x 25 mmPáginas: 272Tipo de Produto: Livro Classificação Temática: Livros em Português > Ciências Exatas e Naturais > Física
X
Coloque aqui o seu comentário

As Calças de Pitágoras

a sua avaliação:
X
Obrigado pela sua contribuição!

O seu comentário foi enviado para validação.

Nota:
A WOOK reserva-se ao direito de não validar textos que não se foquem na análise do conteúdo do livro ou produto. Caso pretenda colocar alguma questão sobre o artigo deverá fazê-lo através do Centro de Contacto.
X
imagem
X
wook deve saber

Promoção válida para o dia 21-01-2017

Saiba mais sobre preços e promoções consultando as nossas condições gerais de venda.

X
recomendar

As Calças de Pitágoras de Margaret Wertheim 

Para recomendar esta obra a um amigo basta preencher o seu nome e email, bem como o nome e email da pessoa a quem pretende fazer a sugestão. Se quiser pode ainda acrescentar um pequeno comentário, de seguida clique em enviar o pedido. A sua recomendação será imediatamente enviada em seu nome, para o email da pessoa a quem pretende fazer a recomendação.

A sua identificação:

A identificação da pessoa a quem quer recomendar este titulo:

Se pretende enviar esta recomendação para mais de um endereço de e-mail, separe na caixa anterior os endereços com ",". Ex: abc@abc.pt,xyz@xyz.pt

X
A sua recomendação foi enviada com sucesso!
X
Ocorreu um erro a obter a informação! Por favor tente mais tarde.
X
alerta de artigo novamente disponível

De momento, este produto não se encontra disponível no fornecedor. Caso o mesmo volte a ficar disponível, poderemos notifica-lo, bastando para tal que nos indique o seu endereço de email.

X
O seu pedido foi registado com sucesso.

Caso este produto fique disponível, será alertado por email

X
wook deve saber

Este eBook pode ser lido em qualquer dispositivo com browser, sem necessidade de fazer o download de qualquer software ou de possuir qualquer tipo de equipamento específico de leitura.
Após a compra, o eBook é disponibilizado de imediato na sua Biblioteca Wook, onde poderá ler e organizar todos os seus eBooks e à qual poderá aceder a partir do site WOOK ou da nossa aplicação (APP).
A versão web da Biblioteca Wook está otimizada para as versões mais recentes dos browsers Google Chrome, Internet Explorer, Safari, Firefox e Edge.

Para otimizar o acesso à sua Biblioteca Wook e ter acesso à opção de leitura em modo offline (sem ligação à internet) deverá instalar a nossa APP de leitura:

X
wook deve saber

Este eBook está encriptado com DRM (Digital rights management) da Adobe e é aberto na aplicação de leitura Adobe Digital Editions (ADE) ou em outras aplicações compatíveis.
Após a compra, o eBook é de imediato disponibilizado na sua área de cliente para efetuar o download.

Para ler este eBook num computador instale a aplicação Adobe Digital Editions.
Antes de instalar o Adobe Digital Editions, veja aqui o vídeo de ajuda:

Para ler este eBook em tablet e smartphone instale a aplicação Adobe Digital Editions para IOS ou Android.

X
wook deve saber

O PDF é um formato de arquivo digital desenvolvido pela Adobe e que disponibiliza uma imagem estática das páginas do livro e, independentemente do dispositivo de leitura, não redimensiona o texto ao tamanho do ecrã do dispositivo.

X
wook deve saber

O ePUB é um formato que proporciona uma excelente experiência de leitura dado que permite o redimensionamento do texto ao ecrã do dispositivo de leitura, aumentar ou diminuir o tamanho do texto, alterar o tipo de fonte, entre outras funcionalidades

X
subscrever newsletters
subscrever newsletters

Estimado(a) subscritor(a), de seguida irá receber, no endereço de email , uma mensagem com mais informações sobre esta subscrição.
Obrigado.

X
não encontrou wook procura?

Nós procuramos por si!

A sua identificação:

A identificação do livro que procura:

O seu pedido foi enviado com sucesso!
X
envie esta lista aos seus amigos

lista de desejos

A identificação da pessoa a quem quer enviar esta lista:

X
A sua lista de compras foi enviada com sucesso para .
X
selecione o livro adotado:
X
wook deve saber


Oferta de portes, ou devolução do valor em cartão, para Portugal continental em CTT Expresso Clássico ou Rede Pickup. 30% de desconto, ou devolução em cartão, nos envios para as ilhas dos Açores e Madeira, em CTT Expresso Clássico. Tipos de envio disponíveis para encomendas até 10 kg.

Promoção válida para encomendas de livros não escolares registadas até 31/12/2017. Descontos ou vantagens não acumuláveis com outras promoções.

X
wook deve saber


A devolução do valor dos portes de envio, em cartão Wookmais, será efetuada 18 dias após a faturação. Oferta válida para uma encomenda com entrega em Portugal.

X
wook deve saber


EM STOCK – ENVIO IMEDIATO
Se a sua encomenda for constituída apenas por produtos com esta disponibilidade e for paga até às 16 horas de um dia útil, será processada de imediato e enviada para o correio no próprio dia. Encomendas pagas após as 16 horas passarão para o processamento do dia útil seguinte. Esta disponibilidade apenas é garantida para uma unidade de cada produto e até 15 minutos após o registo da encomenda.

ENVIO ATÉ X DIAS
Esta disponibilidade indica que o produto não se encontra em stock e que demorará x dias úteis a chegar do fornecedor. Estes produtos, especialmente as edições mais antigas, estão sujeitos à confirmação de preço e disponibilidade de stock no fornecedor.

PRÉLANÇAMENTO
Os produtos com esta disponibilidade só serão enviados na data indicada. Normalmente são entregues no data de lançamento.

DISPONIBILIDADE IMEDIATA
Tipo de disponibilidade associada aos eBooks, que são disponibilizados de imediato, após o pagamento da encomenda, na sua biblioteca.

Para calcular o tempo de entrega de uma encomenda deverá somar à disponibilidade mais elevada dos artigos que está a encomendar o tempo de entrega associado ao tipo de envio escolhido.

X
a sua lista de desejos encontra-se vazia

Adicione à sua lista de desejos todos os produtos que deseja comprar mais tarde, envie-a aos seus amigos antes do seu aniversário, Natal ou outras datas especiais - quem sabe se eles o surpreendem!

Seja informado sobre promoções destes produtos

X
Ocorreu um erro

Por favor tente novamente mais tarde.

X
atingiu o limite máximo de dispositivos autorizados

Por favor, aceda à area de cliente para gerir os dispositivos ativos.

X
wook deve saber


WOOK É O CHECKOUT EXPRESSO?
Esta modalidade de checkout permite-lhe comprar em dois cliques, seguindo diretamente para a confirmação de encomenda.

COMO FUNCIONA?
A encomenda é pré-preenchida com os dados que habitualmente utiliza - morada faturação, morada de entrega, forma de envio e tipo de pagamento. Para finalizar o processo, necessita apenas de confirmar os dados.

POSSO UTILIZAR OS MEUS VALES?
Vales e outros descontos que se encontrem no prazo de validade, serão igualmente considerados automaticamente na encomenda.

CONSIGO ALTERAR OS DADOS DA ENCOMENDA?
Sim. Antes de confirmar, tem ainda a possibilidade de alterar todos os dados e opções de compra.

EXCEÇÕES
O botão do Checkout Expresso só será visível se:
  • Selecionar previamente, na Área Cliente, as moradas habituais de envio e de faturação;
  • Associar uma conta wallet, quando a morada de envio selecionada é no estrangeiro;
  • Não incluir artigos escolares na encomenda.