Almas Mortas

Livro 1

de Nikolai Gógol

editor: Editorial Estampa, abril de 1993
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Almas Mortas

de Nikolai Gógol

Propriedade Descrição
ISBN: 9789723308884
Editor: Editorial Estampa
Data de Lançamento: abril de 1993
Idioma: Português
Dimensões: 144 x 208 x 14 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 290
Tipo de produto: Livro
Coleção: Ficções
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 9789723308884
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
e e e e E

Critíca com bom humor

Carmo

Almas Mortas, é considerado a obra mais emblemática de Gogol, mas aquando do seu lançamento a crítica amaldiçoou-o. - Porque profanava o sentido bíblico da alma que, sendo imortal, não poderia ser enunciada como mortal. - Porque consideravam a personagem principal, Chichikov, um mau exemplo capaz de instigar ao crime. - Porque era um ataque ao regime de servidão. Não terá sido essa a intenção do autor, mas a mordaz caricatura social foi infalível. Gogol foi implacável na forma como escarneceu do funcionalismo corrupto, como denunciou a miséria do campesinato, e ridícularizou a hierarquia e burocracia da administração e justiça russas. Nem os belíssimos rasgos patrióticos, carregados de melancolia e bucolismo, que tão bem caracterizam a alma dos russos na relação com a mãe pátria o salvaram da censura. Quanto mais era criticado por uns, mais era admirado por outros. Esta ambiguidade ter-lhe-á provocado um forte dilema moral, e em consequência a queima do segundo volume ainda não publicado. Ficou-nos este, e ainda bem. O tema pode parecer pesado, mas o humor satírico com que é contado é imperdível.

Nikolai Gógol

Nikolai Gógol, autor clássico da literatura russa, nasceu a 20 de março de 1809 (1 de abril pelo nosso calendário gregoriano) na província de Poltava (Ucrânia), no seio de uma família de médios proprietários rurais (1200 hectares e 200 servos da gleba). Partiu jovem para Petersburgo, onde começou por ocupar sucessivos empregos em ministérios, foi professor, ao mesmo tempo que ia escrevendo e publicando em revistas. Passou grande parte da sua vida em viagens pelo estrangeiro e pela Rússia.
Das suas obras destacam-se as coletâneas de contos Noites na Granja ao Pé de Dikanka (1831-32), Mírgorod (1835), os Contos de São Petersburgo («Avenida Névski» [1834], «Diário de um Louco» [1834], «O Nariz» [1836], «O Retrato» [1841] «O Capote» [1841], e «A Caleche» [1836]) e as peças de teatro O Inspector (1836) e O Casamento (1842). O romance Almas Mortas, do qual só o primeiro tomo ficou completo, foi publicado em 1842.
Depois de uma lenta agonia, Nikolai Gógol morreu de doença nervosa e desespero espiritual a 21 de fevereiro (4 de março pelo nosso calendário) de 1852.

(ver mais)
A Amiga Genial

A Amiga Genial

10%
Relógio D'Água
20,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Mataram a Cotovia

Mataram a Cotovia

10%
Relógio D'Água
21,00€ 10% CARTÃO
portes grátis
Contos de São Petersburgo

Contos de São Petersburgo

30%
Assírio & Alvim
12,40€ 20% + 10% CARTÃO
Noites na Granja ao Pé de Dikanka

Noites na Granja ao Pé de Dikanka

10%
Assírio & Alvim
16,97€ 18,85€
portes grátis
O Homem e o Rio

O Homem e o Rio

10%
Publicações Europa-América
6,90€ 10% CARTÃO
Nostromo

Nostromo

30%
Dom Quixote
15,92€ 20% + 10% CARTÃO
portes grátis