Almada Negreiros

de Rui-Mário Gonçalves

editor: Editorial Caminho
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
A geração dos criadores que introduziram o modernismo em Portugal, caracterizou-se, durante os anos 10 do século XX, por várias atitudes automarginalizantes, entre as quais podemos salientar duas: a obsessão pela originalidade e a passagem do humor fútil aos actos provocatórios «futuristas».
Pertencendo a esta geração, o artista total, que foi Almada Negreiros, constituiu a espinha dorsal do modernismo português, desde o seu início. Foi em Almada que confluiram e se tornaram perenes as características dos pioneiros, tanto no domínio da literatura como no das artes do desenho, da dança e do teatro.

Caminhos da Arte Portuguesa no Século XX
Constituída por 42 volumes, esta é uma das mais importantes e completas colecções sobre a arte portuguesa do século XX, dando a conhecer ao público as obras de alguns dos mais destacados protagonistas da época. Cada artista é objecto de uma abordagem profunda e analítica: obra, vida, inscrição na história da cultura portuguesa e nas correntes artísticas do seu tempo. Nos diferentes volumes, a par de textos assinados por especialistas de reconhecido mérito, o leitor poderá apreciar a fiel reprodução de algumas dezenas de obras, escolhidas de entre as principais colecções institucionais e privadas, e em simultâneo aceder a uma mini-retrospectiva de cada artista.

Almada Negreiros

de Rui-Mário Gonçalves

ISBN: 9789896121075
Editor: Editorial Caminho
Idioma: Português
Dimensões: 200 x 235 x 20 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 72
Tipo de produto: Livro
Coleção: Caminhos da Arte Portuguesa no Século XX
Classificação temática: Livros em Português > Arte > Pintura
EAN: 9789896121075
20%
Editorial Caminho
2,40€ 3,00€
portes grátis
20%
Editorial Caminho
2,40€ 3,00€
portes grátis
20%
Fundação Calouste Gulbenkian
36,00€ 45,00€
portes grátis
20%
Editorial Caminho
2,40€ 3,00€
portes grátis