10% de desconto

Alimentação e Identidade em Contexto Migratório

Práticas e representações - Um estudo de caso no distrito de Castelo Branco

de Maria do Céu Antunes Martins

editor: Chiado Books, fevereiro de 2016
Esta obra procura compreender até que ponto as práticas alimentares dos imigrantes do distrito de Castelo Branco estão ancoradas nos seus elementos identitários e de pertença ou, pelo contrário se descolam desses elementos, para se encaixarem e interpenetrarem na cultura alimentar do país de acolhimento.
Aprofundam-se as questões da saúde pela alimentação, e simultaneamente problematiza-se o discurso normativo que a circunscreve. Investiga-se a comida como elemento básico no intercâmbio cultural e no estabelecimento e manutenção da sociabilidade. Reflecte-se sobre a alimentação como um conjunto de elementos em interação com os hábitos e a identidade de um grupo cultural.
Defende-se no presente estudo o factor identitário com uma categoria que influencia fortemente as práticas alimentares dos imigrantes e a necessidade de entender a alimentação dos imigrantes no seu quadro de representações sociais, tentando perceber o potencial comunicativo e simbólico da comida.
O estudo afirma-se como um contributo para ajudar romper com algumas práticas do quotidiano, resultantes de uma visão da alimentação estritamente medicalizada.

Alimentação e Identidade em Contexto Migratório

Práticas e representações - Um estudo de caso no distrito de Castelo Branco

de Maria do Céu Antunes Martins

Propriedade Descrição
ISBN: 9789895149056
Editor: Chiado Books
Data de Lançamento: fevereiro de 2016
Idioma: Português
Dimensões: 140 x 220 x 40 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 562
Tipo de produto: Livro
Coleção: Compendium
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Ensaios
EAN: 9789895149056
Maria do Céu Antunes Martins

Maria do Céu Antunes Martins (1958)
Professora de Alimentação, Nutrição e Dietética e de Enfermagem Comunitária e de Saúde Pública na Escola Superior de Saúde Dr. Lopes Dias do Instituto Politécnico de Castelo Branco, lecionando no Curso de Enfermagem.
Repartiu a sua carreira profissional pela actividade da Enfermagem nas áreas da prestação de cuidados gerais, especializados e de gestão, e pela actividade docente, iniciada em 1995.
Doutorou-se em Sociologia pela Universidade de Évora e obteve o grau de Mestre em Sociologia pela mesma Universidade na área de Especialização - Família e População. Tem o Curso de Especialização de Enfermagem de Saúde Pública e o Curso de Enfermagem Geral, ambos obtidos na Escola Superior de Enfermagem Dr. Ângelo da Fonseca. Autora de várias publicações entre as quais se destacam artigos em revistas nacionais e internacionais, a monografia intitulada Caneiros: Modos de vida e saúde, publicado a partir da tese de Mestrado, o Manual "Ayude su hijo a vivir Saludable" publicado recentemente enquanto investigadora do Programa Prometeo, realizado no Equador.
As suas reflexões centram-se em temas que problematizam bases conceptuais da Enfermagem, orientam-se para a saúde e o bem-estar de comunidades fragilizadas e de risco e para um dos principais determinantes da saúde - a alimentação. Grande parte das suas pesquisas segue uma abordagem etnográfica e sociológica de tipo qualitativo de modo a permitir o aprofundamento e uma compreensão contextualizada dos objetos de estudo.

(ver mais)