A Terra de Ninguém

de Santana-Maia Leonardo

editor: Sinapis Editores, outubro de 2016
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Aos 16 anos, era convictamente revolucionário. Todos os dias eram dias de sol. E eu sonhava e acreditava nesse prometido mundo novo onde todos os homens viviam como irmãos e queria lá chegar depressa. Aos 56 anos, sou conservador. Vivo no meio da tormenta. Descrente dos homens e do mundo, procuro, a todo o custo e com pouca esperança, salvar da enxurrada o melhor da nossa herança comum.
Sinto-me, literalmente, o Romeiro de Frei de Luís de Sousa que, no final da sua longa caminhada, constata que afinal o seu mundo já não existia. O mesmo desencanto, a mesma solidão. E o Alentejo, rústico, agreste, desértico, surge naturalmente como o refúgio natural do Romeiro. O tal mundo, descrito pelo ministro socialista Mário Lino, "onde não há gente, onde não há escolas, onde não há hospitais, onde não há cidades, onde não há indústria, onde não há comércio, onde não há hotéis".

O Alentejo fica, assim, no outro mundo, um mundo habitado por seres fantasmagóricos a que o poder de Lisboa não reconhece sequer a existência e que hoje se estende pelo interior do país do Algarve a Trás-Os-Montes. Este é o meu mundo. Um mundo que provavelmente não tem nada a ver com o vosso.

A Terra de Ninguém

de Santana-Maia Leonardo

Propriedade Descrição
ISBN: 9789896913557
Editor: Sinapis Editores
Data de Lançamento: outubro de 2016
Idioma: Português
Dimensões: 143 x 217 x 14 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 174
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Crónicas
EAN: 9789896913557