A Razão Tem Sempre Cliente

de Miguel Velhinho

editor: 101 Noites - Criação de Produtos Culturais, novembro de 2006
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i

Com prefácio de Edson Ataíde, o livro de estreia de Miguel Velhinho é uma caricatura de Portugal e dos Portugueses na boa tradição lusa de escárnio e maldizer. A Razão Tem Sempre Cliente é pois um retrato da alma lusa que reúne cerca de 150 crónicas que versam sobre os mais variados temas da actualidade: da Razão da Saudade, à Razão do Orgasmo, passando pela Razão da Improdutividade, pela Razão da Borla ou pela Razão do Fado, de Fátima e do Futebol. Enfim, razões de sobra para não perder este livro hilariante e acutilante.
Crescemos com a crença que viemos ao mundo por alguma razão especial e acreditamos em tudo aquilo que nos oferece o melhor conjunto de razões para explicar essa mesma existência. Entramos em conflito com todos aqueles que lá terão as suas razões para acreditar noutra coisa qualquer e, ao longo da vida, pertencemos a determinadas tribos alegando razões sentimentais.
Quando não sabemos explicar porquê, dizemos que tivemos as nossas razões e usamos e abusamos das chamadas razões pessoais para acabar de vez com qualquer explicação.
Por todas estas razões, não é de estranhar que o autor tenha decidido fazer um blogue sobre a razão e, ao fim de um ano e meio, tenha decidido publicá-lo neste livro onde expõe às vezes com alguma razão, outras sem razão nenhuma, as suas próprias razões para a razão de certas coisas.
Se acha que isto não é razão suficiente, leia o livro nem que seja para confirmar que a razão, afinal, estava toda do seu lado. É uma razão tão boa como outra qualquer.

A Razão Tem Sempre Cliente

de Miguel Velhinho

Propriedade Descrição
ISBN: 9789728494599
Editor: 101 Noites - Criação de Produtos Culturais
Data de Lançamento: novembro de 2006
Idioma: Português
Dimensões: 135 x 200 mm
Encadernação: Capa mole
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Memórias e Testemunhos
EAN: 9789728494599
Miguel Velhinho

O autor nasce nos idos de Março de 1966 em Lagos, na época do boom turístico sueco para a costa algarvia. Este facto poderia ter determinado toda a sua existência, mas não, o autor cresce sem ligar nenhuma às suecas que pululam à sua volta. Depois de passar uma infância em formato de cartoon hilariante, às tirinhas, o autor ruma a Lisboa, onde tira um curso e começa a trabalhar em publicidade, profissão que exerce até hoje. No final de 2004 o autor descobre a blogoesfera e questiona-se sobre a forma esférica da mesma: nunca ultrapassa o facto daquilo não ter ângulos rectos. Rendido à evidência que a blogocúbica é o unicórnio albino do século XXI, o autor cria um blogue (A Razão tem sempre Cliente) onde vai escrevendo todas as razões que lhe passam diariamente pela frente, evitando despudoradamente aquelas que lhe passam ao lado.

(ver mais)