A Mãe

Livro 1

de Máximo Gorki

editor: Editorial Caminho, abril de 1986
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
É um livro necessário. Muito operários participam no movimento revolucionário de um modo não consciente, espontâneo, e ler A Mãe ser-lhes-á de grande proveito. É um livro muito oportuno.

V.I. Lénine

A Mãe

de Máximo Gorki

Propriedade Descrição
ISBN: 9789722102209
Editor: Editorial Caminho
Data de Lançamento: abril de 1986
Idioma: Português
Dimensões: 150 x 210 x 30 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 324
Tipo de produto: Livro
Coleção: Uma Terra sem Amos
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Romance
EAN: 0328000088432
Idade Mínima Recomendada: Não aplicável
Máximo Gorki

Maksim Gorki, pseudónimo de Aleksei Maksimovich Peshkov, nasceu em Nizliny-Novgorod a 28 de março de 1868. Após uma infância repleta de dificuldades, exerce os mais variados mesteres, desde moço de recados a moço de cozinha num barco. Em outubro de 1889 é preso pela primeira vez, apenas por três dias. Em abril de 1891, enceta a sua primeira jornada a pé através da Rússia, que se prolonga até outubro do ano seguinte. Durante esta viagem escreve o seu primeiro conto, Makar Chudra. Em agosto de 1896, casa-se com Yekaterina Pavlovna Vozhina e dois meses depois adoece de tuberculose, mas, mesmo assim, não deixa de trabalhar. Em 1897 saem os seus dois primeiros volumes de contos. Em maio de 1898 é de novo preso, em Nizlny-Novgorod. Em fins de setembro de 1899, visita pela primeira vez Sampetersburgo. Em janeiro de 1900 tem o seu primeiro encontro com Tolstoi, e em 17 de abril de 1901 é mais uma vez preso. Em 25 de maio de 1902, é eleito sócio honorário da Academia de Letras, eleição que Nicolau II consegue que seja revogada. Em 1905, encontra-se pela primeira vez com Lenine, é novamente preso, em Riga, e segue então para o exílio, chegando aos Estados Unidos a 28 de maio de 1906, depois de uma breve passagem pela Europa. Em outubro deste mesmo ano chega a Capai. Em 1907 assiste, em Londres, ao 5.º Congresso do Partido Trabalhista Social-Democrata Russo. A 31 de dezembro de 1913 regressa a Sampetersburgo, beneficiando de amnistia, Em 1931 instala-se definitivamente em Moscovo, donde apenas sai para passar o inverno de 1935/6 na Crimeia, regressando em maio. Morre a 18 de junho de 1936.

(ver mais)
A Família Trago

A Família Trago

10%
Editorial Caminho
15,90€ 10% CARTÃO
portes grátis
Filhos da Pátria

Filhos da Pátria

10%
Editorial Caminho
9,90€ 10% CARTÃO
A Mãe

A Mãe

10%
Clube do Autor
18,00€ 20,00€
portes grátis
Infância

Infância

10%
Manufactura
14,94€ 16,60€
Até ao Fim

Até ao Fim

10%
Quetzal Editores
16,60€ 10% CARTÃO
portes grátis
O Som e a Fúria

O Som e a Fúria

10%
Dom Quixote
17,70€ 10% CARTÃO
portes grátis