70 Poemas para Adorno

editor: Nova Delphi, março de 2015
ESGOTADO OU NÃO DISPONÍVEL
VENDA O SEU LIVRO i
Theodor W. Adorno, filósofo alemão, indagou-se se, depois de Auschwitz, seria possível escrever poesia. A antologia, lançada no âmbito do Festival Literário da Madeira de 2015, ano de efeméride septuagenária da 2ª Grande Guerra, responde a Adorno com a coleira do grotesco. 70 autores, em equilíbrio de forcas, com capa de Alex Gozblau e prefácio de Gonçalo M. Tavares.

Mas aqui, também, o transplante de órfãos assume carizes beneméritos. A totalidade das vendas reverte para o Grupo Dançando com a Diferença, projecto de Henrique Amoedo, cujo elenco inclui, sem balizas, pessoas com deficiência.Artistas que dançam com o corpo, sempre, e não "apesar do corpo". A peça Endless, um exame de combustão sobre o Holocausto, subiu ao palco do Teatro Municipal Baltazar Dias, a 20 de Março, naquele que foi um dos mais indeléveis momentos da edição deste ano do FLM.

70 Poemas para Adorno

Propriedade Descrição
ISBN: 9789897470370
Editor: Nova Delphi
Data de Lançamento: março de 2015
Idioma: Português
Dimensões: 129 x 184 x 12 mm
Encadernação: Capa mole
Páginas: 168
Tipo de produto: Livro
Classificação temática: Livros em Português > Literatura > Poesia
EAN: 9789897470370
e e e e E

70

Rui Silva

70 poetas e 70 poemas para assinalar os 70 anos do fim da Segunda Guerra Mundial e, também, para responder ao filósofo alemão Theodor W. Adorno, que questionou se seria possível continuar a escrever poesia depois de Auschwitz. O prefácio desta coletânea é escrito por Gonçalo M. Tavares e as receitas revertem integralmente para o grupo "Dançando com a Diferença".

Teorias da Ordem / Teorías del Orden

Teorias da Ordem / Teorías del Orden

10%
Edições Sempre-em-Pé
10,10€ 10% CARTÃO
Apenas Uma Mão

Apenas Uma Mão

10%
Edições Esgotadas
17,50€ 10% CARTÃO
portes grátis