Memórias Do Filho De Um Filósofo De Roça eBook

de José Amaral

editor: Ethos Editora
Vivendo e aprendendo sempre! Quem ouve esse bordão, muito conhecido pelo povão, não imagina como ele é verdade das verdadeiras mesmo. Ao escrever os dois primeiros livros usei e abusei dos ensinos que a vida me trouxe através dos meus filósofos e pedagogas de roça do meu convívio. Obtive como retorno as partes que mais agradavam aos leitores que me pediam para contar os causos nas redes sociais. Aprendi aos trancos e barrancos a linguagem das redes para atendê-los. Mas, você num há de ver que os amigos das redes, depois de certo tempo, começaram a me pedir que os causos e reflexões devessem virar um livro? Lá vai eu aprender a como adaptar a linguagem das redes para um livro de novo. Então, está aqui um novo olhar de um eterno aprendiz de filósofo de roça!

Memórias Do Filho De Um Filósofo De Roça

de José Amaral

ISBN: 9788568476093
Editor: Ethos Editora
Idioma: Português do Brasil
Páginas: 69
Tipo de produto: eBook
Formato: ePUB i
Classificação temática: eBooks em Português > Autoajuda > Desenvolvimento Pessoal
EAN: 9788568476093
José Amaral

O autor é Juiz Desembargador do Tribunal da Relação de Coimbra (Secção cível). Enquanto Juiz de Direito, desde o ano de 1992, exerceu funções nos Tribunais Judiciais de Braga, Ponte de Sor, Lousã, Porto, Tomar e Santarém, onde passou a assumir a judicatura como Juiz de Círculo, trabalhando depois, sucessivamente, nos Círculos Judiciais de Tomar e de Anadia, na Vara Mista de Coimbra e no Círculo de Cascais. Desde o ano de 2012, passou a exercer funções em Tribunais da Relação, primeiro na Relação de Lisboa e depois na do Porto. É licenciado em Direito pela Faculdade de Direito da Universidade de Coimbra, onde concluiu o Curso de Mestrado Científico na área de especialização de Direito Civil. Ao longo da sua carreira profissional, foi confrontado com a necessidade de dar solução, em 1.ª ou em 2.ª instância, a casos que se prendem com o Direito dos seguros, designadamente acidentes de viação e respetiva reparação, mormente pelos seguradores, no seio da ação indemnizatória, intentada pelos lesados/vítimas.

(ver mais)