Além Do Princípio De Prazer eBook

de Sigmund Freud

editor: L&PM Editores
Até 1920, a psicanálise considerava que o princípio do prazer e o princípio da realidade eram as duas principais forças motrizes do aparelho psíquico: o primeiro seria um resquício da infância e nos impeliria a buscar sempre a gratificação imediata, e o segundo estaria por trás da capacidade de protelar gratificações e agir racionalmente. Mas no início dos anos 20, com a Europa assolada por batalhas, Freud, impactado pelos sintomas dos neuróticos de guerra, voltaria sua atenção a algumas ideias já antecipadas em "A interpretação dos sonhos". Baseando-se em conhecimentos de biologia e revendo a compulsão à repetição e o desejo de morte, pensou que deveria haver na psique humana algo mais, "mais além" do princípio de prazer: uma tendência de retorno ao inanimado, que estaria presente em todos os seres vivos.

Além Do Princípio De Prazer

de Sigmund Freud

ISBN: 9788525434500
Editor: L&PM Editores
Idioma: Português do Brasil
Páginas: 144
Tipo de produto: eBook
Formato: ePUB i
Classificação temática: eBooks em Português > Ciências Soc. e Humanas > Psicologia
EAN: 9788525434500
Sigmund Freud

Sigmund Freud nasceu no dia 6 de maio de 1856 em Freiberg, no Império Austro-Húngaro, numa família de tradição judaica. Muda-se com a família para Viena com apenas 4 anos de idade, e lá viverá até à ocupação alemã de 1938.
Estudante aplicado e ambicioso, entra para a faculdade de Medicina no ano de 1873, terminando o curso em 1881. Entretanto conhece Josef Breuer, com quem discute a hipnose. No ano de 1885 desloca-se a Paris para estagiar com Jean-Martin Charcot, um neurologista conhecido por toda a Europa pelos seus estudos sobre a histeria e o uso da hipnose. No ano seguinte Freud regressa a Viena e casa com Martha Bernays.
Abre um consultório particular no qual usa a hipnose na cura dos seus pacientes. A publicação da sua "Interpretação dos Sonhos" data de 1900. Com esta obra Freud apresenta ao público uma descrição sobre o inconsciente da mente humana. Dois anos mais tarde é nomeado Professor "Extraordinarius" da Universidade de Viena e reúne à sua volta um grupo de discípulos com quem, em 1908, forma a "Sociedade Psicanalítica de Viena".
Incontornáveis são os seus estudos e teorias sobre a sexualidade, com os quais chocou a sociedade a partir de 1905. Com 67 anos de idade é-lhe diagnosticado um cancro, que tenta curar com sucessivas operações nos 16 anos seguintes.
Freud vê os seus livros serem queimados na praça pública em Berlim, depois da ascensão de Hitler ao poder. Com a anexação da Áustria pela Alemanha, foge com a mulher para Londres, onde vem a morrer de cancro, no dia 23 de setembro de 1939.

(ver mais)
20%
Casa das Letras
10,32€ 12,90€
portes grátis
20%
Relógio D'Água
11,30€ 14,13€
portes grátis