Wook

António Luíz

António Pinto de Oliveira, com o pseudónimo de António Luiz desde 2008, nasceu na freguesia de Guetim, Espinho, em 8 de setembro de 1948. Viveu em Luanda, Angola, desde 1954 até 1975, tendo ali concluído a licenciatura em Medicina e Cirurgia, em 1974.
Especializou-se em Orto-Traumatologia (no HG Stº António e Ordem dos Médicos) e em Saúde (Health Management and Leadership in Professional Practice) da Faculdade de Medicina de Lisboa.
Foi Chefe de Serviço e, no seu último grau de funções, foi Diretor do Serviço de Ortopedia e Traumatologia no antigo Hospital Distrital de Lamego.
Em 1964 escreveu "Nostalgia", o seu primeiro livro de poesia e logo no ano seguinte, em 1965, um segundo livro, de título "Líricas". Em abril e maio de 1994 publicou alguns poemas no "Jornal de Notícias", na página do leitor. No mesmo ano, também escreveu artigos de opinião e de crítica para jornais de Espinho, Porto e Lamego.
Desde então recomeçou a escrita de poesia, até que concretizou a edição do seu terceiro livro, "Eu e o Silêncio", em novembro de 1994, posteriormente com uma segunda edição, após revisão e incorporação de mais alguns poemas, em 2007/2008.
Nos últimos anos publicou vários artigos de análise e opinião em alguns jornais do Porto e participou em diversas antologias de poesia. Fez Curso sobre Escrita Criativa na Faculdade de Letras da UP (Coordenadora: Poetisa Profª Dr.ª Ana Luísa Amaral).
Depois de abril de 2004 reiniciou a produção de trabalhos de índole sentimental e romântica, sobretudo em poesia romanceada, tendo daí nascido o livro "Vida, Paixão e Tormento" (2008). Pela primeira vez usou o pseudónimo de António Luiz.
Em 2009, saiu mais um livro, "Andanças do Pensamento: treze temas com polémica", com base nos artigos anteriormente publicados em jornais e revistas.
Em 2011, editou "Poesia Pragmática – Poemas de Vidas".
Em abril de 2015, foi editado e publicado o livro "Mulher Tudo".
Em março de 2017, publicou "Pensamentos Cruzados com Poesia".
Em novembro de 2019, editou "Ventos da Minha Alma".
Em finais de 2020, finaliza e envia para edição / publicação o Livro "Escritos da Pandemia" (poesia, prosa poética, pensamentos e crónicas na quarentena).
Retoma a escrita do seu primeiro romance, "Vida Acorrentada" (Amores Partilhados), já iniciado há alguns anos, para muito provável edição em 2021/22.

bibliografia

Escritos da Pandemia

Escritos da Pandemia

Mosaico de Palavras
07-2021
0,00€
Ventos da Minha Alma

Ventos da Minha Alma

Mosaico de Palavras
12-2019
0,00€
Mulher Tudo

Mulher Tudo

Mosaico de Palavras
04-2015
0,00€
Poesia Pragmática

Poesia Pragmática

Edições Ecopy
06-2011
0,00€
Andanças do Pensamento

Andanças do Pensamento

Edições Ecopy
03-2010
0,00€
Vida - Paixão e Tormento

Vida - Paixão e Tormento

Edições Ecopy
09-2008
0,00€
Eu e o Silêncio

Eu e o Silêncio

Edições Ecopy
09-2008
0,00€
X
recomendar
António Luíz
Para recomendar este autor a um amigo basta preencher o seu nome e email, bem como o nome e email da pessoa a quem pretende fazer a sugestão. Se quiser pode ainda acrescentar um pequeno comentário, de seguida clique em 'confirmar'. A sua recomendação será imediatamente enviada em seu nome, para o email da pessoa a quem pretende fazer a recomendação.

A sua identificação:

A identificação da pessoa a quem quer recomendar este autor:

X
A sua recomendação foi enviada com sucesso!
X
Ocorreu um erro a obter a informação! Por favor tente mais tarde.
X
selecione o livro adotado:
X
Ocorreu um erro
Por favor tente novamente mais tarde.
X
atingiu o limite máximo de dispositivos autorizados
Por favor, aceda à area de cliente para gerir os dispositivos ativos.